O Portal da Arte Brasileira

Tour guiado pelo Centro reconta a história do Modernismo em São Paulo

0 14

Em comemoração ao centenário da Semana de Arte Moderna, o Tour Guiado a pé pela região do Centro Velho e Novo da cidade de São Paulo, “Em Busca dos Modernistas”, conta a história da Semana de 22, que completa 100 anos no dia 13 de fevereiro. Organizado pelo Pátio Metrô São Bento, o passeio acontece em todos os sábados do mês de fevereiro. O roteiro foi criado pela guia de turismo Tereza Cristina Ferreira Batista do projeto São Paulo com Afeto.

A Semana de Arte Moderna foi um verdadeiro marco na história de São Paulo. Considerada um divisor de águas na cultura do Brasil, foi organizada por um grupo de intelectuais e artistas no ano da celebração do Centenário da Independência. A defesa de um novo ponto de vista estético e o compromisso com a independência cultural brasileira fizeram do modernismo sinônimo de um “estilo novo”, diretamente associado à produção realizada sob a influência de 22.

O evento aconteceu entre 13 e 17 de fevereiro de 1922, no Teatro Municipal de São Paulo, e contou com a exposição de obras de arte no saguão do teatro, além de palestras, declamações de obras literárias e apresentações musicais nas noites dos dias 13, 15 e 17 de fevereiro. A principal função da Semana de 22 para a história da arte brasileira foi romper o conservadorismo vigente no cenário cultural da época. Não havia um conceito que unisse os artistas, nem um programa estético definido. O objetivo era destruir o status quo, o que conseguiram anos depois.

Post Patrocinado

O tour “Em busca dos Modernistas” conta a história do movimento a partir da arquitetura, monumentos, fotografias, poesias e literatura. Em uma caminhada que transportará o público para as primeiras décadas do século passado, o roteiro estabelece uma conexão entre o Centro, a história de São Paulo, o Movimento Modernista, suas personalidades e sua produção artística.

Esta grande efervescência no campo das artes e costumes, culmina na famosa Semana de Arte Moderna de 1922. O passeio resgata a memória e a presença dos Modernistas na São Paulo do começo do século XX, passando por locais onde Oswald de Andrade, Mário de Andrade e Tarsila do Amaral, frequentaram e fizeram história, seja com seus encontros profissionais, acadêmicos, literários, artísticos e até mesmo amorosos.

O trajeto inclui: Pátio Metrô São Bento, Rua São Bento, Pça Antonio Prado, Rua Líbero Badaró, Praça do Patriarca, Largo da Misericórdia, Viaduto do Chá, Rua Barão de Itapetininga, Praça da República, Biblioteca Mário de Andrade e Pátio Metrô São Bento.

Serviço

Local de saída: Pátio Metrô São Bento – Praça da Colmeia – São Paulo.

Datas: 5 a 26/2. Sábados, 11h. Senhas 30 min. antes.

Duração: 3h.

Ingresso: Grátis.

Informações: https://patiosaobento.com.br/

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X