[Teatro] “Vidas Medíocres ou Almas Líricas”, da Companhia Alvorada, estreia dia 6 de abril e reúne obras do dramaturgo Anton Tchekhov

[Teatro] “Vidas Medíocres ou Almas Líricas”, da Companhia Alvorada, estreia dia 6 de abril e reúne obras do dramaturgo Anton Tchekhov

Com temporada no Teatro Pequeno Ato de 6 de abril a 26 de maio, a Companhia Alvorada, voltará aos palcos com uma nova montagem.  “Vidas Medíocres ou Almas Líricas” apresentará uma mescla de cenas de quatro textos principais do dramaturgo russo Anton Tcheckhov, além de trechos de cartas e contos do autor. O espetáculo tem direção de Leonardo Karasek.  O elenco é composto por Rita Teles, César Figueiredo Cantão, Vanise Carneiro, Flávio Gerab e o músico Aloysio Letra.

O ponto de destaque de “Vidas Medíocres ou Almas Líricas” reside no equilíbrio da provocação do texto de Tchekhov com a genialidade lírica da poética de sambas de autores como Cartola, Paulinho da Viola, Manacéa da Portela e Nelson Cavaquinho.  Já a  identidade visual da peça também teve inspiração em outro russo: o diretor de cinema Andrei Tarkovsky, vencedor do Prêmio Especial do Júri do Festival de Cinema de Cannes em 1980, com o filme “Stalker”, de 1979.

A poética da encenação, por sua vez, reside na enfatização do eu lírico e o eu dramático. O homem social e o homem subjetivo. A partir disso, abrem-se caminhos para se refletir sobre a solidão, este sentimento que ronda a humanidade como uma sombra e é tema recorrente numa época de ilusões e idealismos desfeitos.

Serviço:

Temporada: 6 de abril a 26 de maio. Sábados, 21h. Domingos, 19h.

Local: Espaço Pequeno Ato. Rua Dr. Teodoro Baima, 78 – Vila Buarque, São Paulo.

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia entrada para idoso, estudante, professor e classe artística).

Classificação indicativa: 12 anos.

Sem comentários

Insira um Comentário