Nova montagem do grupo tem a direção de Clayton Mariano e do autor, Alexandre Dal Farra, faz crítica ao contexto democrático brasileiro atual.

Diante do conturbado cenário sociopolítico brasileiro atual, o Tablado de Arruar apresenta “Pornoteobrasil”, novo espetáculo com texto do dramaturgo Alexandre Dal Farra, que estreia no dia 21 de fevereiro na Oficina Cultural Oswald de Andrade, onde segue em cartaz até 6 de abril. As sessões acontecem de quinta a sábado, sempre às 20h, com ingressos grátis.

Co-dirigido por Dal Farra e Clayton Mariano, o espetáculo se passa no Brasil contemporâneo, no cenário de um acidente ou atentado – não é possível afirmar ao certo. É neste espaço de destruição e catástrofe que a peça se dá. Depois de uma situação traumática como essas é comum que o sujeito tenha as suas estruturas abaladas, estruturas estas que constituíam o seu próprio olhar para si mesmo, para o seu passado, para o seu presente, e para o futuro.  Depois do acidente, três cenas procuram abordar aspectos diversos de um mesmo trauma.

Há também uma referência às novas teologias que se propagam na sociedade brasileira atual. “O próprio termo ‘pornoteo’ do título tem a ver com a junção de uma elite pornográfica – no sentido de explicitude – e essa teologia nova do Estado Teocrático, no qual estamos inseridos. No entanto, tal junção não é, para nós, uma crítica à igreja pura e simples, e sim, a aceitação da sua importância e centralidade”, elucida Mariano.

 

Ficha Técnica:

Texto: Alexandre Dal Farra.

Direção: Clayton Mariano e Alexandre Dal Farra.

Elenco: André Capuano, Alexandra Tavares, Gabriela Elias, Ligia Oliveira e Vitor Vieira.

 

Serviço:

Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade – Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo.  

Temporada: 21/2 a 6/4. Exceto 1/3. Quinta e sexta, 20h. Sábados, 18h.

Ingressos: Grátis. Retirar 1h. antes.

Classificação: 14 anos.

Informações: (11) 3222-2662.

Compartilhe!