O Centro Cultural São Paulo promove a Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos a partir de 21 de junho, sexta-feira, com a estreia de “Stabat Mater”. A montagem tem texto e direção de Janaina Leite, que está em cena ao lado de sua mãe Amália Fontes Leite e Priapo.

O segundo espetáculo da mostra que sobe aos palcos em 12 de julho é “De Esperança, Suor e Farinha” (dramaturgia  de Paula Giannini e direção de Amauri Ernani); e, em 16 de agosto, “A Neve ou Fora de Controle” encerra o evento com texto e direção de René Piazentin.

Em “Stabat Mater”, Janaina Leite propõe o formato de uma palestra-performance sobre a história da Virgem Maria ao longo dos séculos ao mesmo tempo que tenta dar conta do apagamento da mãe em seu espetáculo anterior, “Conversas com meu Pai”. Onde estava a mãe? é a pergunta que é indiretamente respondida através da Virgem Maria e o célebre stabat mater – ou “a mãe lá estava” – referência ao poema do século XII que consagrou o tema da jovem mãe aos pés do filho padecendo na cruz.

A peça  joga ostensivamente com a teatralidade através da cenografia e das três figuras em cena. Apresentado no Espaço Cênico Ademar Guerra, o porão do Centro Cultural São Paulo, oespetáculo também usa da metalinguagem no espaço cênico. A mesa da palestra pode ser uma mesa de um altar para a realização de uma missa.

Nessa mescla de linguagens, as projeções em vídeo respondem em grande parte por transitar entre a teatralidade e o documental com material pré-elaborado, realizando a passagem entre o real e o fantástico, o encenado e o explícito.

Serviço

Local: Centro Cultural São Paulo – Espaço Cênico Ademar Guerra – Rua Vergueiro, 1000 – Aclimação – São Paulo.

Temporada: 21/6 a 21/7. Sexta e sábado, 21h. Domingo, 20h.

Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia-entrada).

Informações: (11) 3397-4002.

Compartilhe!