De 15 de março a 07 de abril, o Sesc Tijuca recebe o espetáculo “A Última Cápsula”.  A montagem é do grupo Vendaval Fulminante, que tem em sua formação a dramaturga Clara Meirelles e pelas atrizes e diretoras Ana Abbott e Raquel Alvarenga. Este é o primeiro espetáculo do grupo, que busca construir uma identidade artística e política a partir do pensamento sobre a condição feminina.

Com codireção de Chia Rodriguez, supervisão artística de Alessandra Colasanti e direção de produção de Aline Mohamad, a peça brinca, com irreverência, leveza, humor e ironia, com um futuro distópico para levantar temas complexos da nossa atualidade.

Com uma narrativa que parte do congelamento de óvulos, procedimento que mobiliza cada vez mais mulheres na atualidade, o espetáculo abre para outras possibilidades que a ciência poderá trazer e desenvolve um gênero pouco explorado na cena teatral: a ficção científica. A mesma personagem é vivida pelas atrizes Ana Abbott e Raquel Alvarenga, que se revezam entre o presente ano de 2019 e um futuro longínquo.

A estética da encenação caminha para uma atmosfera futurística retrô, contrariando o imaginário comum de um futuro evoluído e prateado. A linguagem cênica e a dramaturgia se utilizam de elementos do absurdo para tensionar dilemas cotidianos em contraponto às novas possibilidades, muitas vezes sobre-humanas e inconsequentes, para as quais a tecnologia aponta.

Serviço

Local: Sesc Tijuca. Rua Barão de Mesquita, 539 – Andaraí, Rio de Janeiro.

Temporada: de 15/03 a 07/04. Sextas a domingo, 20h.

Ingresso: R$30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada).

Classificação: 14 anos.

Informações: (21) 3238-2139.

Compartilhe!