A peça “Negra Palavra Solano Trindade” faz temporada no Sesc Tijuca até 10 de novembro. Solano Trindade, poeta pernambucano, ativista político, ator de cinema, artista plástico, pesquisador de culturas populares, foi também homem de teatro. Conhecido como O Poeta do Povo, foi e é uma referência fundamental na luta por igualdade no país. Entre os anos 30 e 60, fundou vários movimentos negros no país, como a Frente Negra Pernambucana, o Centro de Cultura Afro-Brasileiro e o Teatro Popular Brasileiro.

Sendo mais atual do que nunca, a ideia do espetáculo é enaltecer, difundir no âmbito popular e aplaudir a obra poética não só de Solano Trindade como o trabalho de valorização feito pelos mais distintos coletivos negros.  Jovens artistas negros estão dando continuidade ao trabalho iniciado por ele. São potências que estão “transformando” o entendimento e o consumo da arte no Brasil.

Foto: Thiago Sacramento

Ficha Técnica

Poesias: Solano Trindade.

Direção: Orlando Caldeira e Renato Farias.

Elenco: Adriano Torres, André Américo, Breno Ferreira, Drayson Menezzes, Eudes Veloso, Leandro Cunha, Lucas Sampaio, Orlando Caldeira, Rodrigo Átila e Thiago Hypolito.

Serviço

Local: Sesc Tijuca – Rua Barão de Mesquita – 549 – Tijuca – Rio de Janeiro.

Temporada: até 10/11. Sexta a domingo, 19h.

Ingressos: R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia-entrada) e R$ R$ 7,50 (credencial plena Sesc).

Compartilhe!