A atriz Andréia Ribeiro interpreta a escritora Carolina Maria de Jesus na peça “Carolina Maria de Jesus, Diário de Bitita”, em temporada até 25 de novembro no Teatro Glaucio Gill. O espetáculo é uma adaptação das obras “Quarto de Despejo” e “Diário de Bitita” da escritora mineira. Trata-se de uma história verídica, surpreendente e inspiradora de uma mulher pobre, com apenas dois anos de estudo, que virou um dos ícones da literatura brasileira e mundial. Carolina foi catadora de papel e escreveu toda sua obra em papéis que encontrava no lixo.

A encenação, que tem a direção de Ramon Botelho e contribuição textual de Gabriela Caladinho, segue o fluxo de memória de Carolina, refazendo sua  infância miserável em Sacramento, no  interior de Minas Gerais, quando a chamavam de Bitita, até o lançamento do seu primeiro livro – com enorme sucesso.

Para a atriz Andréia Ribeiro, poder falar de Carolina de Jesus com tanta verdade é uma forma de mostrar ao mundo a importância do conhecimento e de  se ter voz em todas as classes sociais. ‘’Existem milhares de Carolinas silenciadas e sem oportunidades neste Brasil. O desinteresse e a manutenção da invisibilidade dessas pessoas são assustadores”, desabafa a atriz Andréia Ribeiro;

Foto: Karen Eppinghaus.

Serviço

Local: Teatro Glaucio Gill – Praça Cardeal Arcoverde s/n – Copacabana – Rio de Janeiro.

Temporada: Até 25/11. Sexta e sábado, 21h. Domingo e segunda, 20h.

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada).

Classficação: 14 anos.

Compartilhe!