Recém-laureado com o Prêmio Shell SP de Melhor Ator por seu trabalho em “A Ira de Narciso”, Gilberto Gawronski traz de volta à cena outro solo de grande sucesso – “Ato de Comunhão”. A direção é do próprio Gawronski, em parceria com Warley Goulart.

A peça, com texto do argentino Lautaro Vilo e tradução de Amir Harif, é inspirada na história real do técnico de computação Armin Meiwes, então com 41 anos, conhecido como “canibal alemão”. Ele foi condenado à prisão perpétua em 2001, na Alemanha, após confessar e relatar em riqueza de detalhes como devorou o engenheiro Bernd Jürgen, que conhecera num site frequentado por simpatizantes do canibalismo.

Em “Ato de Comunhão”, Gilberto Gawronski leva à cena algumas complexidades perturbadoras da vida contemporânea: tecnologia, conexão, solidão, instinto e civilização – temas presentes em suas duas peças que estarão simultaneamente em cartaz.

Ficha Técnica

Texto: Lautaro Vilo.

Direção: Gilberto Gawronski e Warley Goulart.

Elenco: Gilberto Gawronski.

 

Serviço

Local: Teatro Municipal Maria Clara Machado – R. Padre Leonel Franca, 240 – Gávea – Rio de Janeiro.

Temporada: 5 a 28/4. Sextas e sábados, 21h. Domingos, 19h.

Ingressos: R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia-entrada).

Classificação: 18 anos.

Informações: (21) 2274-7722.

Vendas pela internet: riocultura.superingresso.com.br

Compartilhe!