Por mais de um ano, o grupo carioca Tábula Rasa estudou várias facetas do isolamento humano por meio das palavras do premiado escritor Luiz Vilela: a solidão, o medo, o ódio e a falta de comunicação. O trabalho resultou no espetáculo ‘Chuva’, que permanece em cartaz até 19 de agosto, no Espaço Abu.

A peça traz a adaptação de cinco contos de Vilela: ‘Com os seus próprios olhos’, ‘Mosca morta’, ‘Vazio, Solidão’, além da obra que dá título à peça, com cenografia de Aurora dos Campos, iluminação de Tomás Ribas e direção de Felipe Vasconcelos. O espetáculo tem uma atmosfera densa, na qual os contos se interligam pelas conversas íntimas dos personagens, que deixam o espectador sempre em suspense sobre as motivações e os sentimentos de cada um deles.

 

Ficha Técnica

Texto: Luiz Vilela.

Direção e Adaptação: Felipe Vasconcelos.

Elenco: Beatriz Castier, Ana Gawry, Carlos Emílio Jacuá e Felipe Vasconcelos.

 

Serviço

Local: Espaço Abu – Av. Nossa Senhora de Copacabana, 249, loja ECopacabana -Rio de Janeiro

Temporada: Até 19/8. Sexta a segunda, 20h.

Ingressos: R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia-entrada).

Lotação: 40 pessoas.

Classificação: 16 anos.

Telefone: (21) 2137-4184 / (21) 2137-4182.

Compartilhe!