“Diário do farol – Uma peça sobre a maldade”, solo do ator Thelmo Fernandes, estreia dia 29 de agosto no Sesc Copacabana. A montagem versa sobre um homem capaz de dissimular, matar e torturar, e que consegue ainda ver beleza nos atos por ele praticados. Inspirado em um romance de João Ubaldo Ribeiro, o monólogo foi idealizado por Domingos Oliveira.

O personagem criado por Ubaldo tem na sua gênese características que remetem ao teatro. Mais exatamente, às tragédias, sejam as da Grécia Antiga ou, séculos mais tarde, às de Shakespeare. Na encenação, o público entra na sala e já encontra o ator em cena. Ele pede a um espectador que abra a garrafa d’água que beberá ao longo da narrativa.

Duas são as motivações que o levam a contar sua história. Uma delas é a vaidade, origem, segundo ele próprio, de todos os outros pecados. E o personagem tem muito a relatar. Da relação com o pai, pautada pela total falta de afeto, passando pelo seminário, onde presta favores sexuais em troca de privilégios, culminando no trabalho de informante do Dops, a temida polícia do governo militar.

Foto: Rafael Blasi

Ficha Técnica

Idealização e inspiração: Domingos Oliveira.

Direção: Fernando Philbert.

Elenco: Thelmo Fernandes.

Serviço

Local: Sesc Copacabana –  Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana – Rio de Janeiro.

Temporada: 29/8 a 22/9 Quinta a domingo, 20h.

Ingressos: R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia-entrada) e R$ 7,50 (credencial plena Sesc).

Classificação: 16 anos.

Compartilhe!