Peça livremente inspirada em contos de Guimarães Rosa, ”Reflexo Guimarães” estreia dia 18 de outubro no Instituto Cultural Capobianco. Um homem fica horrorizado com sua imagem refletida no espelho. Ao lado de outro homem, cria diferentes histórias que oferecem novas ficções para sua existência soberbamente individualizada. Esse é o mote do espetáculo, com texto de Alessandro Toller, concepção e direção de Gonzaga Pedrosa e interpretação dos atores Carlos Colabone e Clóvis Goncalves.

Autor e diretor entendem o texto como um diálogo com as histórias de Guimarães. “Não são os mesmos personagens nem os mesmos motes, mas ecoam as discussões contidas nos contos”, explica Toller.

Caminhando de mãos dadas com o estudo dos contos de Guimarães Rosa, o diretor Gonzaga Pedrosa foi ao encontro de outras referências: a pintura de Francis Bacon, as bonecas de argila dos artesãos do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, as fotografias de Jurgenklauke e a sinfonia do silêncio de Sofia Gubaidulina.

Foto: Heloisa Bortz.

Serviço

Local: Instituto Cultural Capobianco – Rua Álvaro de Carvalho, 97 – Centro – São Paulo.

Temporada: 18/10 a 15/12. Quinta a sábado, 21h. Domingo, 19h.

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada).

Classificação: 12 anos.

Compartilhe!