Entre as décadas de 1930 e 1980, mais de 60 mil brasileiros foram mortos em um Hospital Psiquiátrico. Esse fato histórico, ainda pouco difundido, é o tema de “Entre | Muros”, experiência cênica do Grupo Hybris e capitaneada pelo dramaturgo e diretor Renato Andrade. A peça estreia dia 2 de novembro e fica em cartaz, aos sábados e domingos, no Armazém do Grupo XIX.

A construção de “Entre | Muros” teve início a partir de uma pesquisa histórica sobre o Hospital Psiquiátrico Colônia de Barbacena, partindo de materiais-chave sobre o tema como o documentário “Em Nome da Razão”, de Helvécio Ratton, e o best-seller “Holocausto Brasileiro”, de Daniela Arbex.

O Hospital Colônia carrega em sua extensa história fatos abomináveis: um genocídio de mais de 60 mil pessoas, sendo que mais de 70% não possuíam diagnóstico de doença mental. Epiléticos, negros, homossexuais, jovens grávidas, mulheres abusadas pelos patrões, pessoas sem documentos, militantes e até crianças eram, muitas vezes, internados à força e morriam de fome, frio, sede, choque elétrico ou doenças de fácil tratamento.

Foto: Allan Bravos.

Serviço

Local: Armazém do Grupo XIX – Rua Mario Costa, 13 – Vila Maria Zélia – São Paulo.

Temporada: 2 a 24/11. Sábados e domingos, 18h.

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) R$ 20,00 (meia-entrada).

Classificação: 18 anos.

Compartilhe!