Com direção e texto inédito do dramaturgo Marcelo Romagnoli, o espétáculo “Elagalinha” estreia em 10 de agosto no Sesc Ipiranga. A montagem, para todos os públicos, tem o formato de teatro de rua, com música ao vivo, e é encenado pelo Cia Bendita.

A banda Granja Sounds, com Gui Calzavara e Bruno Garcia, alternando-se em instrumentos elétricos, sopros, guitarra, voz e samplers, é a responsável pela trilha sonora. Com referências próprias de fábula, onde animais têm características humanas, seu tema principal fala da eterna crise das relações entre fortes e fracos, adultos e crianças, novo e velho, com um foco sobre o conceito de Educação.

O texto desenvolve e incorpora muitas características da fábula, mas subverte sua estrutura. O personagem principal é uma galinha com as mais sensíveis qualidades humanas. Já o vilão da história é um homem cheio dos piores instintos animais.O que sustenta a história, sua metáfora, é a discussão sobre nosso mundo, sobre costumes, sobre a forma como educamos e sobre, principalmente, a barbárie de nossa relação com a infância.

Foto: Maria Clara Diniz.

Ficha Técnica

Texto e direção: Marcelo Romagnoli.

Elenco: Jackie Obrigon, Guto Togniazollo , Joaquim Lino, Georgette Fadel (ou Cris Rocha) e Pascoal da Conceição.

Serviço

Local: Sesc Ipiranga – Rua Bom Pastor, 822 – Ipiranga – São Paulo.

Temporada: 10/8 a 1/9. Sábados e domingos, 16h. Dias 20 e 21/8, terça e quarta, 10h e às 14h30.

Ingressos: Grátis.

Classificação: Livre.

Compartilhe!