A peça “Corpo” tem temporada prorrogada até 8 de março no Teatro Cemitério de Automóveis. Cinco jovens dramaturgos que têm se destacado nos últimos anos na cena teatral paulistana – Carla Kinzo, Fernanda Rocha, Lucas Mayor, Marcos Gomes e Silvia Gomez – escreveram peças curtas para compor o espetáculo. 

A ideia de criar a montagem surgiu do dramaturgo Marcos Gomes em 2018 e partiu do artigo “O Inquietante” (sob o título original de “Das Unheimliche”, que também pode ser traduzido como o “estranho-familiar”), escrito por Sigmund Freud (1856-1939). Na obra, o fundador da psicanálise comenta exemplos da literatura que provocam no leitor um efeito de estranhamento do cotidiano.

Outras grandes referências são as peças dos autores ingleses Caryl Churchill e Harold Pinter (1930-2008), nas quais as características estranhamente familiares apontadas por Freud surgem de maneira teatral, como, por exemplo, a questão do “duplo” (a sensação angustiante de ver a si mesmo como um outro, como quando uma pessoa olha no espelho e não se reconhece).

Foto: Lucas Mayor.

Ficha Técnica

Dramaturgia: Carla Kinzo, Fernanda Rocha, Lucas Mayor, Marcos Gomes e Silvia Gomez.

Direção: Lucas Mayor e Marcos Gomes.

Elenco: Andrea Tedesco, Antoniela Canto, Daniela Schitini, Ester Laccava, Monalisa Vasconcelos, Nelson Peres, Pablo Perosa, Rebecca Leão e Pedro Guilherme.

Serviço

Local: Teatro Cemitério de Automóveis – Rua Frei Caneca, 384, Consolação – São Paulo.

Temporada: Até 8/3. Sábados, 21h. Domingos, 20h – a peça não faz apresentações no carnaval.

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada).

Classificação: 16 anos.

Compartilhe!