[Teatro] Obra de Nelson Rodrigues, “Toda Nudez Será Castigada” estreia na SP Escola de Teatro dia 29 de novembro

[Teatro] Obra de Nelson Rodrigues, “Toda Nudez Será Castigada” estreia na SP Escola de Teatro dia 29 de novembro

Obra de Nelson Rodrigues, “Toda Nudez Será Castigada” estreia na SP Escola de Teatro dia 29 de novembro. A montage ganha releitura pelos diretores Carolina Guimarães e Vitor Moreno. Clássico da dramaturgia brasileira, o espetáculo conta a história do viúvo religioso Herculano, que se encontra em um dilema quando seu irmão, no intuito de ajudá-lo, marca um encontro com uma prostituta. Apesar das memórias da esposa, Herculano se apaixona pela linda Geni, causando um alvoroço na família, especialmente com seu filho único, Serginho, que se recusa a aceitar o novo relacionamento do pai.

Na releitura cênica do universo rodrigueano proposta pela dupla de diretores, o espetáculo se apropria de máscaras e de uma atmosfera mais lúdica, estabelecendo uma encenação mais poética e leve com o intuito de aproximar o público do texto. Para a diretora Carolina Guimarães o público já possui um imaginário sobre Nelson Rodrigues e o objetivo da encenação é trazer um novo olhar com ênfase no texto. “A montagem valoriza o ator em cena, por isso a concepção cenográfica parte de objetos simbólicos que completam o jogo cênico do ator, como as máscaras”, conta ela.

Já o diretor Vitor Moreno explica que a encenação é repleta de símbolos e que as máscaras possuem várias leituras, pois cada personagem é representado pela máscara de um animal. “Cada ser humano tem seu animal interno, além das famosas máscaras sociais. A ideia é tornar o público cúmplice tirando o peso da encenação sem uma atmosfera densa”, completa ele.

Foto: Victoria Mantovani.

Serviço

Local: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt – Praça Roosevelt, 210 – Consolação – São Paulo.

Temporada: 29/11 a 16/12. , Sextas-feiras e sábados, 21h. Domingos, 19h. Segundas, 21h.

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada).

Classificação: 14 anos.

 

Sem comentários

Insira um Comentário