Noite de Reis, peça de William Shakespeare que marca a primeira montagem profissional do Grupo Pandemônio em Cena, reestreia sexta-feira, dia 15 de fevereiro, no Teatro Cacilda Becker. O enredo da peça tem como base o travestimento da protagonista, Viola em Cesário, cujo disfarce será alavanca de uma série de reviravoltas amorosas que, além de bem-humorados, causam uma reflexão sobre os modelos femininos e masculinos socialmente aceitos, aspecto ressaltado pelo grupo. A direção é de Rodrigo Veloso, que também assina a tradução do texto.

O grupo usa o texto do dramaturgo inglês para dialogar sobre a urgência de encontrar o outro, apesar das diferenças. Na encenação, o grupo também trabalha utilizando o recurso das máscaras, em que tem se especializado. Além da encenação do espetáculo, o projeto Noite de Reis, Um Elogio à Diversidade, também é composto por encontros dos artistas com jovens estudantes e professores da rede pública de ensino. Ao todo, serão doze apresentações no Teatro Cacilda Becker, quatro apresentações em CEUs e quatro ocupações intituladas Ocupação Noite de Reis, da aurora ao entardecer, com oficinas, apresentações do espetáculo e um jantar coletivo com o público.

Ficha Técnica

Direção: Rodrigo Veloso.

Direção de Produção: Lucas Vedovoto.

Elenco: Alef Barros, Caroline Oliveira, Danilo Monteiro, Gabriela Mendes, Gabrielle Paula, Jamille Rai, Lucas Vedovoto, Paula Luppi.

Serviço

Local: Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa, São Paulo.

Data: De 15/2 a 10/3. Sextas e sábados, 21h. Domingos, 19h.

Ingressos: R$ 20,00 (Inteira), R$ 10,00 (meia-entrada).

Classificação: Livre.

Informações: (11) 3864-4513.

Compartilhe!