Com 40 anos de carreira, a atriz e diretora Ana Kfouri estreia no dia 6 de março no Sesc Belenzinho o monólogo “Uma Frase Para Minha Mãe”. A dramaturgia, assinada pelo escritor, poeta e crítico literário francês Christian Prigent, tem toques proustianos ao refletir sobre o despertar para a literatura e o nascimento de um escritor. O texto mobiliza sensações afetivas e corporais ligadas à figura da mãe e à língua materna, envolve afeto, filosofia, pensamento, visão de mundo, política e pesquisa de linguagem. A direção é da própria Ana Kfouri, com colaboração artística de Marcio Abreu. 

Ana conta que, quando conheceu a obra de Prigent, sentiu quase imediatamente uma espécie de chamamento para levar à cena Uma frase para minha mãe, texto potente e poético. Foi assim que, depois de enveredar pelos universos de Valère Novarina e de Samuel Beckett, a artista elegeu ‘Uma frase para minha mãe’ para dar continuidade à sua pesquisa cênica, que pensa a palavra e o corpo como campos de forças em tensão e em relação. 

Foto: Dalton Valério.

Ficha Técnica

Texto: Christian Prigent.

Tradução: Marcelo Jacques de Moraes.

Direção e Atuação: Ana Kfouri.

Serviço

Local: Sesc Belenzinho – Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho – São Paulo.

Temporada: 6 a 29/3. Sexta e sábado, 21h30. Domingo, 18h30.

Ingressos: R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia-entrada) e R$ 9,00 (credencial plena Sesc).

Classificação: 12 anos.

Compartilhe!