Para comemorar o centenário de nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen, falecida em 2004 e tida como a maior poeta portuguesa, estreia o solo “O Nome das Coisas” dia 5 de julho na SP Escola de Teatro. O projeto conta com o ciclo de debates “Sophia e a Poética em Cena”, composto por quatro encontros que acontecem logo após as sessões de domingo.

As duas atividades integram a programação oficial de homenagens à poeta. A montagem é inspirada em contos, poemas e reflexões de Sophia de Mello Breyner Andresen, a primeira mulher a receber o Prêmio Camões de Literatura. Seus questionamentos e angústias são colocados em cena, em uma inquietante e incansável pesquisa sobre a condição ontológica do humano.

A encenação, de caráter intimista, dá continuidade à pesquisa da Cia dos Infames de mesclar elementos cinematográficos ao fazer teatral. Além disso, a Cia Dramática em Exercício contribui para a montagem com o seu hábil trabalho com textos literários e poéticos.


Foto: Beto Amorim.

Ficha Técnica

Direção e dramaturgia: Henrique Zanoni.
Intérprete: Suia Legaspe.
Cenário e figurinos: Carlos Colabone.

Serviço

Local: SP Escola de Teatro – Sala R1 – Praça Roosevelt, 210, Centro – São Paulo.

Temporada: de 5/7 a 5/8. Sextas, sábados e segundas, 21h. Domingos, 19h.

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada).

Classificação: 12 anos.

Compartilhe!