Mostra faz uma viagem no tempo e na história do grupo trazendo apresentações gratuitas que incluem sua mais nova montagem, “Comum”, além de outras três obras!

Informações: grupopandoradeteatro@yahoo.com.br, www.facebook.com/grupopandora.deteatro ou (11) 96676-5815.

Confira a programação:

Comum. O espetáculo é inspirado na descoberta da vala clandestina do Cemitério Dom Bosco em 1990. Um jovem em busca de informações sobre o desaparecimento de seus pais, dois coveiros envolvidos com a criação da vala e uma estudante que se aproxima do ativismo político. 1970/1990 – épocas distintas se entrelaçam e evidenciam causas e consequências.

Serviço:

Local: Ocupação Artística Canhoba. R. Canhoba, 299 – Perus – São Paulo.

Data: 1 e 2/2. Sexta, 20h. Sábado, 19h.

Ingressos: Grátis.

Classificação: 12 anos.

Relicário de Concreto. Espetáculo inspirado nas memórias dos trabalhadores da Fábrica de Cimento Portland Perus e na Greve dos Queixadas. Jovem procura emprego em uma fábrica de cimento, vê-se enredado por uma atmosfera de sonho e memória, onde cenas de um passado não muito distante irão misturar-se à suas angústias e preocupações modernas.

Serviço:

Local: Ocupação Artística Canhoba. R. Canhoba, 299 – Perus – São Paulo.

Data: 8 a 16/2. Sextas, 20h. Sábados, 19h.

Ingressos: Grátis.

Classificação: Livre.

Ricardo III Não Terá Lugar ou Cenas da Vida de Meierhold. Dramaturgia de Matéi Visniec inspirada no último pesadelo do encenador russo Vsévolod Meierhold antes de ser assassinado na prisão em 1940 por ordem do Generalíssimo, a peça trata da censura política, da vida de Meierhold e da força do teatro.

Serviço:

Local: CEU Perus. R. Bernardo José Lorena, s/n – Perus – São Paulo.

Data: 22/2 a 2/3. Sextas, 20h. Sábados, 18h.

Ingressos: Grátis.

Classificação: Livre.

Compartilhe!