O espetáculo “Pandora” chega para curta temporada no Teatro Sérgio Cardoso a partir de 18 de outubro. A partir de longa pesquisa sobre as mitologias que constituem o arquétipo feminino e de suas distorções ao longo dos séculos, a peça reflete sobre a condição da mulher no mundo de hoje.

As atrizes buscaram ainda referências históricas, desde as antigassociedades pré-patriarcais, pesquisando as relações do meio social com o feminino nas tradições de diversas culturas – indígenas brasileiras e nativas Americanas, hindu, egípcia, persa, grega, africana, celta, chinesa, asiática, hebraica. Um estudo sobre como as civilizações e sociedades representavam a mulher, os lugares que ela ocupou nas diferentes eras e o resultado disso nostempos atuais.

A investigação resultou numa história contemporânea de duas irmãs que se reencontram: uma envolvida com a arte, a pesquisa dos arquétipos femininos e a ancestralidade; a outra, uma mulher prática e independente, que através do trabalho conquistou espaço e respeito num universo tipicamente masculino. O lugar de interseção entre as duas é a família e a memória.

Foto: Chico Cerchiaro.

Ficha Técnica

Texto: Jaqueline Roversi e Jordana Korich

Direção: Leona Cavalli.

Elenco: Jaqueline Roversi e Jordana Korich.

Serviço

Local: Teatro Sergio Cardoso – Rua Rui Barbosa 153 – Bela Vista – São Paulo.

Temporada: 18/10 a 10/11. Sexta e sábado, 19h. Domingo e segunda, 20h.

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada).

Classificação: 12 anos.

Compartilhe!