Peça imagina futuro sombrio para o país, partindo da premissa de que os problemas atuais enfrentados pela sociedade brasileira seriam intensificados.

O “Núcleo do Pequeno Ato” apresenta uma narrativa original anti-utópica inspirada nos problemas sociopolíticos brasileiros atuais no espetáculo imersivo Distopia Brasil. Com direção de Pedro Granato, a montagem surgiu de um processo criativo colaborativo, no qual o núcleo se debruçou sobre distopias clássicas e contemporâneas, como “1984”, “Fahrenheit 451”, “Handmaid’s Tale”, “Blade Runner”, “Matrix”, “Laranja Mecânica”, entre outras.

As principais questões sociopolíticas escolhidas para discussão foram: a intervenção militar no Estado, manifestada nas forças de pacificação do exército no Rio de Janeiro, que controlam e ficham os moradores das comunidades periféricas; o avanço do Estado Religioso, o controle e fim da privacidade, os desastres ambientais, como a crise hídrica que tem ameaçado os reservatórios de água de São Paulo nos últimos anos.

Também foram investigados grupos atuais de resistência para tentar imaginar como seria a luta contra esse regime totalitário proposto.

 

Ficha Técnica

Direção e dramaturgia: Pedro Granato.

Elenco: André Salama, Jade Pereira, Isabela Tortato, Beatriz Silveira, Luisa Galatti, Rafael Abrahão, Felipe Aidar, Juliana Navarro, Bruna da Matta, Alvaro Leonn, Helena Fraga, Renan Pereira, Manuela Pereira, Bruno Lourenço e Leticia Calvosa.

 

Serviço

Local: Centro Cultural São Paulo – Espaço Cênico Ademar Guerra (Porão) – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso – São Paulo.

Temporada: 29/3 a 21/4. Sextas e sábados, 21h. Domingos, 20h.

Ingressos: Grátis. (Retirar 1h antes).

Classificação: 12 anos.

Informações: (11) 3397-4002.

Compartilhe!