Solo do ator Caio Franzolin, fala sobre o apagamento cultural e a destruição de comunidades ocasionada pelo avanço desenfreado do progresso.

O que duas comunidades distantes (uma em Palmas, Tocantins, e outra em Uberlândia, Minas Gerais) podem ter em comum? O ator Caio Franzolin encontrou esse ponto em uma pesquisa de campo realizada em conjunto com Carminda Mendes André e leva essas histórias para o palco.

Com direção de Rafaela Carneiro, a montagem fala sobre as comunidades de Canela (TO) e Patrimônio (MG), aliando como expedientes teatrais a mímesis corpórea e conceitos do Teatro-Documentário.

Serviço

Concepção original: Caio Franzolin e Carminda Mendes André

Direção e Preparação de Ator: Rafaela Carneiro

Direção Musical: Rani Guerra

Dramaturgia: Solange Dias

Local: Sede A Próxima Companhia – Rua Barão de Campinas, 529 – Campos Elísios, São Paulo.

Temporada: 23/11 a 15/12. Sextas e sábados, 21h.

Classificação: 12 anos.

Ingressos: Pague quanto puder.

Informações: (11) 3331-0653.

Site: www.aproximacompanhia.com.br

Compartilhe!