[Teatro-Dança] Identidades negras no Brasil são retratadas na peça “Negro de Estimação”, no Sesc Belenzinho

[Teatro-Dança] Identidades negras no Brasil são retratadas na peça “Negro de Estimação”, no Sesc Belenzinho

O solo de teatro-dança “Negro de Estimação” é um dos trabalhos de maior destaque da carreira do encenador, ator e bailarino Kleber Lourenço, fundador Visível Núcleo de Criação. A dramaturgia faz uma adaptação de oito contos do livro “Contos Negreiros”, do também pernambucano Marcelino Freire. A co-direção é de Marcondes Lima.

Em cartaz de 13 a 22 de setembro no Sesc Belenzinho, a temporada integra o projeto “Do 13 ao 20 – (Re)Existência do Povo Negro”, com ações artísticas, reflexivas, experimentais e formativas que abordam as lutas, conquistas, manifestações e realidades do povo negro.

O espetáculo se desenrola a partir da ação dramática dos contos, em que quadros mostram a evolução do corpo negro, desde informações históricas a questionamentos atuais.

 

Foto: Ivson Miranda.

 

Ficha Técnica

Criação e Interpretação: Kleber Lourenço.

Co-direção: Marcondes Lima.

Adaptação do livro: “Contos Negreiros”, de Marcelino Freire.

 

Serviço

Local: Sesc Belenzinho – Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho – São Paulo.

Temporada: 13 a 22/9. Sextas e sábados, 20h30. Domingos, 17h30.

Ingressos: R$20,00 (inteira), R$10,00 (meia-entrada).

Classificação: 16 anos.

Sem comentários

Insira um Comentário