Escrito em 1927 e considerado o primeiro romance do escritor modernista Mário de Andrade (1893-1945), “Amar, Verbo Intransitivo” ganha uma adaptação teatral com dramaturgia de Luciana Carnieli e direção de Dagoberto Feliz. O espetáculo segue em cartaz até 29 de junho, com ingressos grátis, na Oficina Cultural Oswald de Andrade. 

A trama narra a história da governanta Fräulein Elza que é contratada por uma família tradicional paulista nos anos de 1920 para fazer a iniciação amorosa e sexual de Carlos, o primogênito herdeiro. A partir desse encontro, os personagens vivem uma relação amorosa, revelando críticas sociais e comportamentais.

 

Foto: João Caldas.

 

Ficha Técnica

Autor: Mário de Andrade.

Adaptação: Luciana Carnieli.

Direção: Dagoberto Feliz.

Elenco: Luciana Carnieli e Pedro Daher.

 

Serviço

Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade – Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo.

Temporada: Até 29/6. Quintas e sextas, 20h. Sábados, 18h.

Ingressos: Grátis. Retirar 1h antes.

Classificação: 12 anos.

Informações: (11) 3222-2662.

Compartilhe!