Sesc Santo André exibe “Entre Bordas – Sons que Escapam” a partir de 7 de agosto

No contexto de enfrentamento da pandemia da COVID-19, o Sesc Santo André permanece fechado ao público e apresenta, de forma exclusivamente virtual, a exposição Entre Bordas – “Sons Que Escapam”.  A mostra, que traz obras dos artistas Paulo Nenflídio, Sandra Cinto, Thomaz Rosa, Renan Marcondes e Bruno Kurru, permanece instalada no espaço Galeria da unidade até meados de novembro.

A abertura será transmitida ao vivo pelo canal do Sesc Santo André no Youtube no dia 7 de agosto, às 19h30,  e apresentará View Room produzido por Gabriel Villas-Boas e bate-papo com a curadora Paula Braga e parte dos artistas que estão expondo seus trabalhos na mostra.

John Milton Cage Jr.  nasceu em Los Angeles, em 5 de setembro de 1912  e faleceu em Nova Iorque em 12 de agosto de 1992. Compositor, escritor e teórico musical é considerado por muitos críticos de arte um dos mais influentes artistas americanos do século XX. Cage foi um pioneiro da música aleatória, da música eletroacústica, do uso de instrumentos não convencionais, bem como do uso não convencional de instrumentos convencionais, o que o torna uma das figuras de maior expressão nas vanguardas artísticas do pós-guerra.

Sobre “Sons que Escapam”

O silêncio não existe, mesmo que existam tentativas de silenciar. No silêncio, os sons do mundo ficam mais audíveis, como em 4’33’’, a obra mais conhecida de John Cage. Nela, o compositor não se utiliza de sons deliberados. Os músicos ao apresentá-la não tocam nada e apenas permanecem quietos, por esse tempo, diante do instrumento.

Foto: Fabiano Preradovic.

Serviço

Abertura: 7/8. Sexta, 19h30. Disponível até novembro.  

YouTube: Canal Sesc Santo André.

Compartilhe!