O espetáculo “Sangue”, dramaturgo sueco Lars Norén, estreia em 8 de agosto no Teatro de Arena do Sesc Copacabana. Através da história de um casal exilado durante a ditadura chilena, e em busca de seu filho desaparecido, a peça mergulha nos eventuais desdobramentos de famílias atravessadas pela migração forçada, seja ela fruto do exílio político ou da situação de refúgio.

“Sangue” é uma tragédia contemporânea. Partindo do clássico “Édipo Rei”, de Sófocles, Lars Norén constrói uma trama cuja estrutura segue as bases do gênero, empurrando, através de reviravoltas surpreendentes, os personagens aos seus destinos trágicos anunciados.

Foto: Dalton Valério.

Ficha Técnica

Texto: Lars Norén.

Tradução: Karl Erik Schollhammer.

Direção: Bruce Gomlevsky.

 Elenco: Luciana Braga, Charles Fricks, Pedro Di Carvalho e Sura Berditchevsky (participação especial como Madeleine H.).

Serviço

Local: Teatro de Arena do Sesc Copacabana – Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana- Rio de Janeiro.

Temporada: 8/8 a 1/9. Quinta a domingo, 19h.

Ingressos: R$30 (Inteira), R$15 (Meia) e R$7,50 (Credencial Plena Sesc). 

Classificação: 18 anos.

Compartilhe!