O Portal da Arte Brasileira

São Bernardo do Campo ganha novos murais no Dia Nacional do Graffiti

0 17

No dia 27 de março acontece o Dia Nacional do Graffiti, uma homenagem ao artista Alex Vallauri, pioneiro nessa forma de expressão artística no país. Apesar de ter surgido no exterior, a arte de rua se tornou parte da cultura brasileira, com importantes pólos espalhados pelo território nacional. Um deles é a cidade de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, de onde surgiram diversos nomes importantes para a cena.

Como forma de incentivar a continuidade das produções artísticas durante a pandemia, a cidade contemplou diversos projetos através da Lei Federal Aldir Blanc, dando fôlego financeiro aos profissionais da área. Entre os editais abarcando diferentes formas de expressão artística, o de Arte Urbana se destaca por embelezar espaços públicos com obras que beneficiam a toda a população.

Uma alternativa cultural democrática, já que é acessível a todos os cidadãos sem restrições, o Graffiti já faz parte da tradição do município, com diversos artistas que iniciaram suas carreiras pelos muros e fachadas da região. Entre os selecionados pelo edital, estão artistas jovens e também aqueles já bem estabelecidos, como Daniel Melim, Michel Cena7 e Thiago Toes.

Post Patrocinado

Toes, que já foi assistente de nomes importantes para a arte urbana, como Os Gêmeos, pintou seu mural na Câmara de Cultura Antonino Assumpção, patrimônio histórico da cidade. Intitulada “Os Onze Cavaleiros II”, a pintura em tons de azul traz o deus Hermes e questiona as origens das figuras míticas e heroicas.

Na Biblioteca Monteiro Lobato, ponto central para a cidade, os moradores poderão ver uma obra feita por Daniel Melim, autor do tradicional “Mural da Luz”, próximo à Pinacoteca de São Paulo. Em seu mural em São Bernardo do Campo, o artista usa diversos elementos da construção civil como azulejos, cimento e relevo para integrar a arquitetura e a arte no espaço público.

Já o prédio do Centro de Memória, que mantém um acervo da história da cidade através de documentos como fotografias, jornais e livros, ganhará o Graffiti “Mural: Diálogo de uma Memória Popular”, de Michel Cena7. Honrada com a maior nota no edital, a pintura pretende retratar as histórias dos cidadãos ao misturar o real e o fantástico, criando senso de pertencimento e combatendo o apagamento da cultura negra e o processo colonialista no Brasil.

Serviço

A partir de 27 de março

Locais: Câmara de Cultura Antonino Assumpção: Rua Marechal Deodoro, 1325 – Centro, São Bernardo do Campo – SP.

– Biblioteca Monteiro Lobato: Rua Dr. Fláquer, 26 – Centro, São Bernardo do Campo – SP.

– Centro de Memória de São Bernardo do Campo: Alameda Glória, 197 – Centro, São Bernardo do Campo – SP

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X