O Portal da Arte Brasileira

Rainha Kong apresenta espetáculo “O Bebê de Tarlatana Rosa” a partir de 22 de outubro

0 11

O conto “O Bebê de Tarlatana Rosa”, de João do Rio, é a linha condutora do espetáculo homônimo da Rainha Kong, que tem estreia marcada para 22 de outubro, no Teatro Arthur Azevedo. A temporada, que vai até 14 de novembro, acontecerá online e sem plateia e percorrerá outros três palcos da cidade: Teatro Alfredo Mesquita, Teatro Cacilda Becker e Teatro João Caetano.

 A Casa 1, centro de cultura e acolhida LGBT+, também receberá espetáculos, no final da temporada. As apresentações integram o projeto “As Histórias Vistas de Baixo”, que foi contemplado pela 36ª edição do Programa Municipal de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo.

Mesclando a história narrada por João do Rio em 1925, o espetáculo também conta com depoimentos pessoais do elenco – todes LGBTs. Na montagem, o grupo traça um paralelo da história do começo do século com questões bastante atuais, que parecem eternas: por que ainda existem pessoas e corpos que são assassinados diariamente? Quem são essas pessoas hoje? Como são esses corpos?

Post Patrocinado

Este foi o primeiro trabalho encenado pela Rainha Kong, em 2017. Agora, o grupo se prepara para voltar aos palcos e ressignificar a montagem, em tempos de pandemia.

O conto de João do Rio traz a história de Heitor, membro da burguesia carioca do início do século XX, que busca, no carnaval da periferia da cidade, uma oportunidade de gozar dos prazeres sexuais. Heitor se depara com uma frequentadora desses carnavais – um ser estranho, que leva consigo um nariz postiço de cera, para esconder dos outros a ausência deste membro. Cem anos depois da publicação do conto, esta figura foi atualizada e refletida no corpo de uma mulher trans. Friccionando ficção e realidade e, a todo o momento, estabelecendo correlações entre a teatralidade e a performatividade, o grupo estabelece, em “O Bebê de Tarlatana Rosa”, um olhar para a marginalidade atual dos corpos abjetos.

Ficha Técnica

Dramaturgia: criação coletiva livremente inspirada em texto de João do Rio. Direção: Rainha Kong. Elenco: Aleph antialeph, Helena Agalenéa, Jaoa de Mello, Vitinho Rodrigues. 

Serviço

Transmissão on-line.

Datas: 22/10 a 14/11. Sextas e sábados, 21h. Domingos, 19h.

Ingressos: Grátis.

YouTube: Canal Casa1 Vídeos.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X