O Portal da Arte Brasileira

Projeto “arte_passagem” acontece no Edifício Eiffel a partir de 26 de novembro

0 20

O projeto “arte_passagem” acontece com intuito de fortalecer a arte por meio de intervenções de artistas renomados e emergentes em espaços públicos. O endereço escolhido é o prédio icônico projetado por Oscar Niemeyer na década de 50, o Edifício Eiffel, que tem sua galeria comercial tomada por exposições a partir de 26 de novembro .

Criada pelos artistas Ilê Sartuzi, Matheus Chiaratti, Pedro Zylbersztajn e o curador João Paulo Quintella, a ocupação tem como principal objetivo democratizar o acesso à arte por meio de uma mostra pública e gratuita em um ponto central da cidade, que é também um cartão postal para os amantes da arquitetura modernista. Quem passa todos os dias pela Praça da República se surpreende com o formato inusitado do prédio – o último projetado por Niemeyer na capital paulista, que tem unidades residenciais com vista para a praça, cobogós redondos e uma galeria de lojas de acesso público. Ressignificando o espaço, o “arte_passagem” endossa sua vocação ao longo de três exposições e duas performances, que acontecerão até março de 2022, com intuito de estimular a (con)vivência do edifício histórico.

Sonia Andrade, conhecida pelo pioneirismo da videoarte no Brasil, mostra na exposição um vídeo acompanhado de uma fotografia dos anos 2000, onde são sobrepostos espaços geográficos distintos que apontam para diferentes relações do olhar com o espaço público. Seus vídeos experimentais colocam o corpo no centro da ação, construída na relação direta com a televisão como meio. Sem espetacularização, seu corpo entra em confronto com a tela e com o aparelho, ora disposto no centro da imagem, ora introduzido em uma gaiola – uma metáfora para a imagem televisiva como aprisionamento.

Post Patrocinado

Como parte dessa primeira ativação desse espaço, a artista Fabiana Faleiros, realizará uma performance na praça em frente à vitrine no dia 11 de dezembro . Até abril de 2022, o espaço recebe outras duas intervenções artísticas que permeiam temas da contemporaneidade, como afetividade e sexualidade sob um viés político, comportamento social, lugar de fala e padrões estéticos. Em um diálogo entre tempos, o edifício modernista convive com ocupações urbanas que integram o projeto “arte_passagem,” reforçando o papel da arte em retratar o período e contexto em que ela acontece.

Serviço

Local: Galeria comercial do Edifício Eiffel, na Praça da República, 177 – Centro Histórico de São Paulo.

Abertura: 26/11. Sexta, 16h.

Visitação: 26/11 a 8/1/22. Segundas a sextas, 9h às 18h. Sábados, 9h às 13h.

Ingressos: Grátis.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X