O Portal da Arte Brasileira

Projeto “Adaptação – Entre a Literatura e o Cinema” analisa “O Talentoso Ripley” em 4 de maio

0 16

O Instituto Ling promove na próxima terça-feira, dia 4 de maio, às 19h, mais uma edição virtual do projeto “Adaptação – Entre a Literatura e o Cinema”. No encontro, o jornalista cultural e crítico de cinema Roger Lerina e o professor e escritor Pedro Gonzaga analisam e discutem com o público as diferenças e as semelhanças entre o livro “O Talentoso Ripley”, escrito pela norte-americana Patricia Highsmith em 1955, e a versão homônima para os cinemas, lançada em 1999, com direção do cineasta e roteirista inglês Anthony Minghella.

Durante o evento ao vivo, os participantes poderão interagir com os debatedores, enviando comentários e dúvidas, além de acompanhar algumas das principais cenas do filme, que conta com Matt Damon no papel principal, além da atuação de outros grandes nomes, como Jude Law, Gwyneth Paltrow, Philip Seymour Hoffman e Cate Blanchett. Para participar da atividade, que será transmitida pela plataforma Zoom, é necessário fazer inscrição prévia e sem custo no site.

O romance narra a história de Tom Ripley, que sobrevive de trambiques em Nova York. Certo dia, o milionário senhor Greenleaf o procura, supondo que Ripley seja um grande amigo de seu filho Dickie. Greenleaf lhe oferece uma viagem à Europa para tentar trazer Dickie de volta aos Estados Unidos – o rapaz leva uma vida mansa no litoral italiano, longe da família. Na Itália, Ripley desenvolve uma relação doentia com Dickie: adota os mesmos gostos e começa a usar as mesmas roupas do novo amigo, que passa então a rejeitá-lo. Acuado, Ripley reage de forma imprevisível.

Post Patrocinado

A obra ganhou duas adaptações para o cinema. A primeira, com direção de René Clémente, foi lançada em 1960 e teve como protagonista Alain Delon. No Brasil, o filme ganhou o título “O Sol por Testemunha”. A segunda versão, que será debatida neste encontro, recebeu diversas indicações ao Oscar e ao Globo de Ouro, além de ter garantido o prêmio Bafta de melhor ator coadjuvante para Jude Law.

Pedro Gonzaga é professor, tradutor, poeta e escritor. Doutor em literatura pela UFRGS, com diversas publicações em poesia e prosa, desenvolve há anos trabalhos com turmas de escrita criativa, voltadas para o público adulto. Atualmente é cronista dos jornais Zero Hora e O Estado de S. Paulo.

Roger Lerina é jornalista cultural, integrante da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) e atua como repórter e crítico de cinema no Canal Brasil. É curador do projeto Meu Filme Favorito, do Instituto Ling.

Serviço

Plataforma Zoom.

Data: 4/5. Terça, 19h.

Site: www.institutoling.org.br.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X