“Olhei pro buraco e era um olho mágico” segue em temporada online até 6 de dezembro

Com direção de Estrela Straus, 12 atrizes e atores formam um caleidoscópio de experiências que trazem à tona a importância de falar sobre saúde mental em “Olhei pro buraco e era um olho mágico”, peça online que fica em cartaz até 6 de dezembro.

A peça, que acontece ao vivo via Sympla Streaming, é dividida em três atos temáticos, chamados de buracos: O Buraco é mais em baixo, às 19h, Buraco umbilical, às 20h, e Buraco em erupção, às 21h.O ingresso dá direito a assistir os três atos/buracos que se relacionam de maneira independente. O público fica livre para entrar na sala às 19h, 20h e/ou 21h ou para assistir aos três atos em sequência. Caso deseje assistir os atos em diferentes dias, é possível adquirindo o ingresso para a nova sessão.

A partir de relatos pessoais, entrevistas e bulas de remédio, o elenco aborda de forma sensível e leve desequilíbrios psíquicos, sofrimentos e curas emocionais. A dramaturgia teve como ponto de partida o conto “A pessoa deprimida” de David Foster Wallace e o filme “Jogo de cena” de Eduardo Coutinho.

A peça é resultado do Laboratório de Montagem Online Teatro Audiovisual, criado por Estrela Straus especialmente para o projeto de Oficinas de Montagem Inbox Cultural. Ao longo do processo de ensaios, a diretora trabalhou com o Método Strasberg e com exercícios do argentino Augusto Fernandes. Após a peça, sempre haverá uma conversa com Estrela Straus e elenco.

A bilheteria será doada ao Centro de Valorização da Vida, que trabalha na prevenção ao suicídio.

Ficha Técnica

Direção: Estrela Straus. Fragmentos de textos: David Foster Wallace, Sheila Heti, Sarah Krane, Lori Gottlieb. Criação: Amanda Azevedo, Amanda Wanderley, Camila Curty, Carina Schafran, Gabi D’Angelo, Kalindi D’Elia, Mage Cechetto, Michel Langer, Michelle Braz, Pablo Cortez, Sofia Maruci, Walter Farias. Supervisão técnica: Juracy de Oliveira.

Serviço

Transmissão Sympla Streaming.

Datas: Até 6/12. Sexta a domingo, 19h, 20h e 21h.

Ingressos: Pague quanto puder. Bilheteria será doada ao Centro de Valorização da Vida. Acesso ao link com 15 minutos de antecedência.

Classificação: 16 anos.

Compartilhe!