A arte fomentada e produzida por mulheres é a atividade central de “A Arte é Mulher”, encontro multiartístico que o CCBB recebe a partir de 20 de março, quarta-feira. Idealizado e dirigido pela multi-instrumentista Lan Lanh, o projeto oferece apresentações mensais e gratuitas que mesclam música, performance e palavra. Conduzido e entremeado por relatos de artistas e pesquisadoras mulheres compartilhando suas vivências do universo feminino das artes, o roteiro gera, assim, uma explosão artística feminista onde a mulher é a origem, o meio e a finalidade. Em sua estreia, o encontro receberá Ana Cañas e Célia Peixoto.

Para o evento, Lan Lanh formou um trio musical fixo e inédito com as cantoras Numa Ciro e Jussara Silveira. Lan ainda é a responsável pela direção musical, percussão e arranjos da original Banda Arte, composta ainda por Maíra Freitas (teclados, programações e arranjos) e Irene Egler(violão e arranjos). Com direção cênica de Cristina Moura e projeção do acervo fotográfico de Cláudia Ferreira, um dos principais do país sobre feminismo, cada encontro receberá convidadas diferentes, mulheres que, em seu histórico de atuações, sempre representaram no meio artístico as suas vivências enquanto mulheres da área.

Dinâmicas, as apresentações contam ainda com interferências visuais e trocas com a plateia, tendo no comando da palavra Heloísa Buarque de Hollanda focando no que seria esse novo campo cultural pautado pelo feminismo na música e nas artes.

Confira a programação:

20/3 – Convidadas: Ana Cañas (SP) + Célia Peixoto (BA).

10/4 – Convidadas: Monica Millet (BA) + Sagrace Menga (refugiada do Congo).

8/5 – Convidada: Valéria Houston (RS).

5/6 – Convidada: Cátia de França (PB).

26/6 – Convidada: Socorro Lira (PB).

Serviço:

Local: CCBB – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro.

Data: 20/3. Quarta-feira, 19h.

Ingressos: Grátis. Distribuição 1h antes.

Classificação: 14 anos.

Compartilhe!