Formado por jovens deficientes visuais refugiados da guerra civil angolana, o coral apresenta um repertório eclético, com cantigas folclóricas em dialeto africano, música popular brasileira, gospel e composições autorais, cantadas à capela ou com o acompanhamento de teclado, violão e percussão. Suas inspirações vêm de nomes como Salif Keita, Brenda Fassie, Papa Wemba, Awilo Longomba, Elias Diá Kimuezo, Coral Jovem da África do Sul, Black Company, Michael Jackson, Milton Nascimento, Tim Maia, Roupa Nova, entre outros.

O espetáculo faz parte da programação do Refúgios Musicais, projeto que promove apresentações com artistas refugiados e imigrantes, que se instalaram no Brasil e aqui desenvolvem seu trabalho e sua arte.

Serviço

Local: Sesc Belenzinho. R. Padre Adelino, 1000 – Belenzinho – São Paulo.

Data: 6/12. Quinta, 20h.

Ingressos: Grátis.

Classificação: 10 anos.

Informações: (11) 2076-9700 ou www.sescsp.org.br/belenzinho

Compartilhe!