O Portal da Arte Brasileira

Museu da Língua Portuguesa segue com a exposição “Sonhei em português!”

0 13

A migração como um direito humano é a premissa da nova exposição temporária realizada pelo Museu da Língua Portuguesa, com curadoria de Isa Grinspum Ferraz, “Sonhei em português! tematiza esta que é uma das grandes questões sociais do século 21, revelando como tal experiência é atravessada pela questão da língua. A mostra segue em cartaz na sede do museu, localizada na Estação da Luz, em São Paulo.

A exposição tem como um de seus núcleos principais a experiência de imigrantes de várias nacionalidades em São Paulo – uma cidade cuja história e cujo presente são indissociáveis da imigração. O título da mostra vem de um dos depoimentos exibidos e alude ao momento simbólico em que o imigrante concretiza sua ligação pessoal com a terra que o recebeu.

O ambiente é preenchido por cantos em vários idiomas, em diferentes ritmos e sonoridades, reunidos pela cantora e pesquisadora Fortuna, em uma trilha sonora pensada especialmente para a exposição. Em uma das paredes, uma instalação visual concebida por Solange Farkas, da Associação Cultural Videobrasil, apresenta retratos de imigrantes de várias partes do mundo residentes de São Paulo, enquanto, em outra, uma grande tapeçaria do artista Edmar de Almeida alude às bandeiras como símbolos nacionais. Na proposta da exposição, elas estão entrelaçadas. Ainda neste espaço há um grande mapa-múndi, realizado pelo Estúdio Laborg, em que são projetados os fluxos migratórios contemporâneos.

Post Patrocinado

Tanto mar é o título da segunda sala da mostra. A maior galeria do espaço expositivo é totalmente ocupada pela instalação inédita “Travessia”, criada pelo artista Leandro Lima. Especialmente comissionada para a exposição, esta grande obra cinética, feita de luzes, sons e movimentos, evoca em uma experiência sensorial a travessia de um oceano, com seu mistério. Há ainda textos poéticos, projetados nas paredes, que falam sobre o partir, em instalação criada pelo Coletivo Bijari.

Ao abordar a imigração do século XXI, Sonhei em português! faz um importante complemento ao que o Museu da Língua Portuguesa apresenta em sua exposição principal, uma abordagem histórica dos fluxos migratórios anteriores na construção do português falado no Brasil.

A exposição temporária conta com patrocínio do Grupo Volvo e apoio do escritório Mattos Filho, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e fica em cartaz até junho de 2022 no primeiro andar do Museu da Língua Portuguesa, com programação cultural e educativa relacionada aos temas da mostra ocorrendo periodicamente tanto no museu quanto na internet.

Foto: Ciete Silvério.

Serviço

Local: Museu da Língua Portuguesa – Praça da Luz s/n – Luz – São Paulo.

Visitação: Até Junho/2022. Terça a domingo, 9h às 16h30.

Classificação: Livre.

Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada). Grátis para crianças até 7 anos e aos sábados.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AVISO!

Em virtude da pandemia de Covid-19, alguns eventos foram cancelados ou sofreram alterações. Centros Culturais ou espaços de exposição também fecharam.

Consulte sempre antes de se direcionar a um evento presencial.

X