O Portal da Arte Brasileira

Mujer Sabiá Fest reúne cantoras de peso do cenário latino-americano a partir de 15 de abril

0 52

Nos dias 15, 16 e 17 de abril, a internet será palco de um festival de sons e ideias, inédito no Brasil e no cenário sul-americano. Trata-se do “Mujer Sabiá Fest”, um evento cultural on-line que agrega música, reflexões e artes visuais, com o objetivo de oferecer ao público uma vivência baseada no intercâmbio dos “saberes musicais”, que compõem a identidade latino-americana, e a possibilidade de refletir sobre temas relevantes do atual contexto social. 

O projeto junta artistas consagradas e emergentes, brasileiras e latinas, que transitam em vários cenários, musicais, compondo uma diversidade que alcança diferentes nichos de público e busca promover uma interação entre eles.  O festival é parte da programação do ProAC Expresso LAB da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo (Lei Aldir Blanc).

A iniciativa é da cantora e compositora peruana, radicada no Brasil, Martha Galdos, que idealizou um encontro com artistas engajadas e que desenvolvem em seu processo criativo temáticas voltadas à mulher, LGTBQIA+, afro latinidade entre outras abordagens contemporâneas – e necessárias na atualidade. A produção executiva é de Gretha Rossini.  

Post Patrocinado

O nome do evento é um jogo de palavras que “brinca” com as traduções de “sabiá”, a mulher que traz sabedoria, no espanhol, e, em português, nome dado a um pássaro, presente em diferentes países da América do Sul, conhecido pela beleza do canto (a palavra provém de ‘haabi’á’ – em língua tupi que significa “aquele que reza muito”).

Durante os três dias de realização, o festival será transmitido no Youtube. Todas as apresentações contam com um dueto no qual Martha Galdos faz participação especial. Valem destaque um pot-pourri de Luiz Gonzaga “Sábiá – Xote das Meninas” com Anai Rosa, “La Flor de la Canela de Chabuca Granda com Adriana Mezzadri, “La Jardinera” de Violeta Parra com Juliana Strassacapa e “2 de febrero”com a cantora colombiana Victoria Saavedra.

Teresa Fuller filha da compositora peruana Chabuca Granda que fez centenário de nascimento em 2020, e que também é autora de outros grandes sucessos como Fina Estampa (que foi trilha de abertura da novela homônima no Brasil), gravou depoimento especial para o espetáculo. Esse promete ser um dos pontos altos e emocionantes do festival.

Gravado em formato “ao vivo”, no estúdio Arsis na cidade de São Paulo, seguindo os protocolos de segurança definidos para o controle da Covid 19, o festival será ambientado com bastidores bordados com sabiás feitos pela brasileira Ana Luisa Maisonnave, cuja imagem está presente também na logo e cortina animada.

Confira a programação

15/4. Adriana Mezzadri (PER). Quinta, 18h. Anaí Rosa (BRA). Quinta, 20h.

16/4. Juliana Strassacapa (BRA). Sexta, 18h. Victoria Saavedra (COL). Sexta, 20h.

17/4. Fabiana Cozza (BRA). Sábado, 18h. Martha Galdos (PER). Sábado, 20h.

Serviço

Transmissão no YouTube.

Datas: 15 a 17/4. Quinta a sábado, às 18h e às 20h.

Classificação: Livre.

YouTube: Canal Martha Galdos.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X