Mostra “Poética da Velhice” traz filmes brasileiros que retratam as adversidades da maior idade

A partir do dia 3 de agosto, o Itaú Cultural apresenta em seu site uma programação cinematográfica que retrata os desafios provocados pela velhice na vida das pessoas. Inspirada em personagens que sentem na própria pele as adversidades do processo de envelhecimento, como a perda de entes queridos, abandono por parte da família e as barreiras enfrentadas no mercado de trabalho, a mostra Poética da Velhice exibe cinco filmes, entre curtas-metragens e longas-metragens.  As produções A Volta para casa, Acúmulo, Submarino, Pela Janela e Girimunho ficam disponíveis até o dia 17 de agosto no site.

Dirigido por Diego Freitas, A Volta para casa conta com atuação emocionante de Lima Duarte. Neste curta-metragem, o consagrado ator interpreta Plínio, um marceneiro aposentado que está na expectativa de receber a visita de sua família para celebrar o domingo de Páscoa, mas ninguém aparece para buscá-lo na casa de repouso onde vive.  Ao vê-lo sozinho e cabisbaixo, Anselmo, jardineiro do lugar, se oferece para levá-lo até sua antiga moradia.

Outra grande artista que está presente nesta mostra é Léa Garcia, atriz indicada ao prêmio de melhor interpretação feminina no Festival de Cannes em 1957, por sua atuação no filme Orfeu Negro, vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro em 1960. Em Acúmulo, dirigido por Gilson Junior, ela se transforma em Lete, uma senhora frágil que passa os dias recolhendo nas ruas tudo o que seu marido carpinteiro poderia consertar. Em Nilópolis, no Rio de Janeiro, ela é vista nos mais variados lugares, carregando pequenos móveis e objetos quebrados em seu carrinho de feira.

Pela direção de Submarino, o cineasta Rafael Aidar ganhou o prêmio de melhor direção pelo 8º festival de curta-metragem ENTRETODOS de 2015. Nessa produção, com o ator Fernando Aidar e atriz Maristela Chelala, ele mostra a história de Olavo, um homem de 85 anos que vive isolado após a morte de seu companheiro.

Rodado pela diretora Caroline Leone, o longa-metragem Pela Janela, tem no elenco a atriz Magali Biff e o ator Cacá Amaral, para contar a história de Rosália, uma operária de 65 anos que dedicou a vida ao trabalho em um fábrica de reatores da periferia de São Paulo. Ao ser demitida, ela fica deprimida e é consolada pelo irmão José, que resolve levá-la em uma viagem de carro até Buenos Aires.

Em Girimunho, filme premiado no 68º Festival de Veneza, em 2011, os diretores Helvécio Marins Jr. e Clarissa Campolina levam os espectadores a uma viagem para o sertão mineiro, onde o tempo parece andar ao ritmo do rio, com duas senhoras acompanhando o girar do redemoinho. Bastú acaba de perder o marido Feliciano e, sem choro, busca abrigo nos sinais do dia a dia e em suas lembranças. Mas é na liberdade dos sonhos e nas novidades trazidas pelos netos que ela faz sua própria transformação.

Serviço

Exibição: 3 a 17/8.

Site: http://www.itaucultural.org.br/

Compartilhe!