O Portal da Arte Brasileira

Mostra “Helena e Riokai: entre Brasil e Japão, Paris” segue na Arte132 até 30 de dezembro

0 10

Com pinturas, desenhos e álbum de fotografias, a exposição “Helena e Riokai: entre Brasil e Japão, Paris” está aberta na Arte132. A curadoria é de Madalena Hashimoto Cordaro e Michiko Okano.

Entre o final do século 19 e início do 20, Paris vivia a efervescência da arte com exposições de Cézanne, Gauguin, Picasso, Kisling, Lautrec, Utrillo e Bonnard. Nesse contexto, dois universos completamente distintos se encontram: o da brasileira Helena Pereira da Silva e do japonês Riokai Ohashi. Ambos foram atraídos pelas saídas aos bairros ermos da capital francesa com a finalidade de pintar. Essa união gerou um casamento e uma arte que absorveu todos esses elementos.

A pintura de Helena Pereira da Silva (1895 -1966) tem uma forte impressão diante de cores intensas e pinceladas maduras, aplicadas em composições de motivos tradicionais como paisagens, retratos e naturezas-mortas, além de características orientais. Já Riokai Ohashi (1895-1943) foi mais um artista que buscou a ponte entre as tradições do Oriente e as inovações das vanguardas europeias, transitando entre mundos e culturas diferentes e distantes.

Post Patrocinado

A arte lhes proporcionou posição e sustento para o casal após o casamento em 1933 e a decisão de morar no Japão. Apontam alguns pesquisadores o sacrifício de Helena em trabalhar como instrutora de piano, consultora e designer de moda ocidental, palestrante e importadora de bonecas e tecidos franceses, para que Riokai continuasse pintando sem preocupações. Entretanto, Helena nunca abandonou a pintura. Em 1940, o casal viaja para o Brasil e à Argentina em uma missão de propaganda do Japão. Durante todo o trajeto, os artistas fazem exposições e pinturas em diversas cidades.

Riokai faleceu cedo, em 1943, no Japão, e Helena volta ao Brasil em 1949, após 16 anos de ausência. Ela enfrentou dificuldades em se adequar ao meio artístico paulista. Foi, afinal, acolhida pela comunidade nipo-brasileira, que a fez sair de seu refúgio imaginativo em seus últimos anos, em Campinas.

Serviço

Local: Galeria Arte132 – Av. Juriti 132. Moema – São Paulo.

Visitação: Até 30/12. Segundas a sextas, 14h às 19h. Sábados, 11h às 17h.

Classificação: Livre.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AVISO!

Em virtude da pandemia de Covid-19, alguns eventos foram cancelados ou sofreram alterações. Centros Culturais ou espaços de exposição também fecharam.

Consulte sempre antes de se direcionar a um evento presencial.

X