Morre a fotógrafa Vania Toledo aos 75 anos

Na madrugada de 16 julho, a fotógrafa Vania Toledo, 75, faleceu. Segundo a revista Isto é, Vania estava internada  na Santa Casa de São Paulo e teve complicações proveniente de uma infecção urinária, que levou a septicemia. A família tem a intenção de realizar cremação.

Responsável por registrar em fotos a história de grande parte das produções teatrais do país, desde a década de 1960, a mineira começou a fotografar de maneira amadora, sendo a pioneira no registro da noite paulistana.

Toledo trabalhou em diversos veículos de imprensa, como as revistas Vogue, Claudia, Time, Life e os jornais Folha e O Estado de S. Paulo.

Lançou em 2009 o livro “Palco Paulistano” (Ed. Imprensa Oficial) que reúne o registro iconográfico da produção teatral em São Paulo de 1963 a 2007.

“O teatro com seu palco iluminado me ensinou quase tudo. Fui olhando, observando, errando e acertando…A lembrança do palco escuro da minha infância ficou lá em Paracatu. Por isso considero as fotos deste livro meu mestrado fotográfico nos palcos paulistanos. Agora, ainda quando começa uma peça de teatro – em qualquer lugar do mundo – e a primeira luz ilumina o palco, eu reconheço, trêmula, minha paixão de ontem, de hoje e sempre!”

Vania Toledo

Compartilhe!