O Portal da Arte Brasileira

MITsp lança plataforma virtual gratuita

0 54

A MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo lança, no dia 11 de março, a MIT+, uma plataforma virtual de pesquisa e experiência em artes cênicas. De forma gratuita e acessível, o site irá disponibilizar materiais de acervo das sete edições da MITsp, além de conteúdo exclusivo, como espetáculos inéditos, entrevistas e oficinas.

A MIT+ se soma à diversidade de ações da MITsp, festival idealizado por Antonio Araújo e Guilherme Marques – respectivamente diretor artístico e diretor geral de produção. Desde sua primeira edição, em 2014, a mostra é referência na cena teatral brasileira, reunindo artistas emergentes e consagrados. Com a plataforma, a MITsp inaugura mais um eixo, rompendo barreiras geográficas e permitindo que pessoas de todo o país tenham acesso a conteúdos exclusivos de forma democrática.

Para a estreia, a MIT+ apresenta uma programação inteira gratuita, com vídeos de mais de 20 atividades que aconteceram nas sete edições da MITsp, além de conteúdos inéditos: seis espetáculos e performances, três entrevistas, três aberturas de processos artísticos, quatro workshops, uma residência artística e duas mesas de debate.

Post Patrocinado

A sul-africana Ntando Cele, um dos destaques da MITsp 2017, é a Artista em Foco dessa programação. Ela fará um workshop e uma residência artística, participará de uma mesa e apresentará dois espetáculos, o inédito “Go Go Othello” e “Black Off”, que esteve na mostra há quatro anos. Além disso, a plataforma contará com um acervo de palestras e entrevistas sobre o trabalho da artista, que transita entre diversas linguagens (performance, música e videoinstalação) para debater questões como identidade e preconceito.

O material de acervo traz ainda trabalhos como a palestra-performance “Descolonizando o Conhecimento”, da portuguesa Grada Kilomba, e debates como o encontro com a socióloga Patricia Hill Collins, uma das maiores pensadores sobre feminismo e gênero na comunidade afro-americana.

Esse material não apenas passeia pela história da Mostra, mas também dialoga com os conteúdos exclusivos. É o caso do italiano Romeo Castellucci, cujo espetáculo “Sobre o Conceito de Rosto no Filho de Deus” abriu a primeira edição da MITsp. A plataforma reúne debates e encontros ocorridos naquela época e uma entrevista inédita com o encenador.

Já o inglês Simon McBurney, da companhia Complicité, que esteve no festival em 2014, apresenta agora o espetáculo “The Encounter”, em que faz uma viagem imersiva pela Amazônia, por meio de diversas tecnologias de som.

Os conteúdos serão alimentados constantemente, com produções diversas do Brasil e do mundo. Para ter acesso à programação exclusiva, o público poderá fazer seu cadastro gratuito no site. Muitos materiais serão acessíveis, com audiodescrição, Libras e legendas. O objetivo da MIT+ é se tornar uma plataforma inclusiva e ampliar o acesso à produção teatral. 

A MIT+ é um eixo da MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo, que tem como realizadora e gestora a Olhares Instituto Cultural, uma associação sem fins lucrativos.  O projeto tem o patrocínio da Asus e o apoio do British Council, Pro Helvetia e Instituto Italiano de Cultura de São Paulo e foi contemplado pelo Programa de Ação Cultural – ProAC Expresso Editais – da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, via Lei Federal Aldir Blanc de apoio à cultura.

A MITsp – Mostra Internacional de Teatro de São Paulo é um festival idealizado por Antonio Araújo (diretor artístico) e Guilherme Marques (diretor geral de produção) e que teve sua primeira edição em março de 2014. Logo de início, trouxe à capital paulista uma experiência de imersão no mundo das artes cênicas, promovendo a produção cultural em todas as suas áreas. 

Além da Mostra de Espetáculos – que trouxe, em suas sete edições, nomes de peso como o polonês Krystian Lupa, o francês Joël Pommerat, a espanhola Angélica Liddell, o russo Yuri Butusov, o libanês Rabih Mroué, o suíco Milo Rau e o português Tiago Rodrigues –, a MITsp desdobra suas atividades nos seus demais eixos: Olhares Críticos, série de encontros reflexivos e publicações; Ações Pedagógicas, com residências, oficinas e intercâmbios, e MITbr – Plataforma Brasil, que se consolidou como um importante programa de internacionalização das artes cênicas brasileiras. A plataforma MIT+ inaugura um novo eixo, que expande as barreiras geográficas e o acesso à mostra. 

Foto: Guto Muniz.

Serviço

Lançamento: 11/3/2021.

Plataforma: www.mitmais.org

Acesso: Grátis.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X