O Portal da Arte Brasileira

MAM Rio estreia mostra “A memória é uma invenção” a partir de 4 de setembro

0 17

O Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro abrirá, no dia 4 de setembro, a exposição “A memória é uma invenção”, como parte do projeto “Legados vivos”, desenvolvido com o apoio do Instituto Cultural Vale. Sob a curadoria de Beatriz Lemos, Keyna Eleison e Pablo Lafuente, a mostra reúne cerca de 300 obras provenientes do acervo do MAM Rio e de outras duas instituições: o Museu de Arte Negra/IPEAFRO, associação sediada no Rio de Janeiro, responsável pelo legado de Abdias Nascimento; e o Acervo da Laje, dedicado à memória artística, cultural e de pesquisa sobre o Subúrbio Ferroviário de Salvador, fundado em 2011.

Com pinturas, gravuras, esculturas, fotografias e azulejos, a exposição reflete sobre os processos de construção de patrimônio, legado e cultura comum, ao apresentar no mesmo espaço expositivo os três acervos de arte com diferentes histórias, dinâmicas e projetos. Reunidas, as coleções mostram repetições e semelhanças nas escolhas de categorias e formatos, nos entendimentos do que faz uma obra ser conservada como parte de um legado e nos métodos de compartilhamento das obras como parte de uma memória coletiva.

Vindos do acervo do Museu de Arte Negra/IPEAFRO, trabalhos de Abdias Nascimento, Heitor dos Prazeres, Carlos Scliar, Gerson de Souza e Chico Tabibuia, entre outros, estabelecem relações de convergência com obras de Adilson Paciência, Zaca Oliveira e Indiano Carioca, artistas que fazem parte do Acervo da Laje. As duas coleções dividem espaço com peças de Anita Malfatti, Inimá de Paula, Lucio Fontana, Maria Leontina e Yara Tupinambá, do acervo do MAM Rio.

Post Patrocinado

Compõe o projeto de troca institucional entre o MAM Rio e o Instituto Cultural Vale, o ciclo de conversas “Cenas de Cultura Imaterial”, iniciado em julho e realizado em parceria com o Centro Cultural Vale Maranhão. Em paralelo à exposição, as conversas permitem pensar a cultura a partir de paradigmas mais complexos e constituem um horizonte para conceber novas possibilidades e questionar os limites das instituições culturais, incluindo os museus.

Serviço

Local: MAM Rio – Av. Infante Dom Henrique, 85 – Aterro do Flamengo – Rio de Janeiro.

Visitação: 4/9 a 9/1/22. Quintas e sextas, 13h às 18h. Sábados, domingos e feriados, 10h às 18h.

Ingressos: Contribuição sugerida de R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada), com opção de acesso gratuito.

Link para ingressos: www.mam.rio/ingressos.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AVISO!

Em virtude da pandemia de Covid-19, alguns eventos foram cancelados ou sofreram alterações. Centros Culturais ou espaços de exposição também fecharam.

Consulte sempre antes de se direcionar a um evento presencial.

X