O Portal da Arte Brasileira

Luiz Dolino faz exposição individual na Galeria Contempo

0 24

Luiz Dolino apresenta primeira mostra individual “A Dança das Horas”, na GaleriA Contempo, em São Paulo. O artista já teve seus trabalhos expostos em coletivas e assina, inclusive, um painel de 12 metros quadrados em um dos salões nobres do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual. Além disso, participou da emblemática nona edição da Bienal de SP, dedicada à arte pop em pleno ano de 1967, e mantém amizades duradouras que resistem há décadas com grandes nomes da cultura e das artes plásticas, como a gravadora Maria Bonomi.

Em relação à exposição que poderá ser vista pelo público entre 7 e 21 de maio na Galeria Contempo, Dolino afirma que há todo um ineditismo que permeia esse contexto. No conjunto de trabalhos que serão exibidos – cerca de 20 telas de diferentes dimensões e períodos e 3 esculturas – as linhas retas assumem o protagonismo por meio de suas pinceladas firmes, sem espaço para curvas. Uma exclusão deliberadamente assumida pelo artista.

O artista Luiz Dolino cursou Ciências Sociais e deu início à sua trajetória artística em 1963, quando estudou na Escolinha de Arte do Brasil, com Augusto Rodrigues (1913-1993), e no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, com Ivan Serpa (1923-1973), renomados mestres na formação de gerações de reconhecidos artistas brasileiros. Ainda no início da carreira, o pintor, escultor, gravador e professor brasileiro que é considerado uma das referências no construtivismo brasileiro, Rubem Valentim (1922-1991), o alertou sobre a necessidade de se identificar com alguma linguagem para se expressar no universo das artes plásticas.

Post Patrocinado

Nesse contexto, suas constantes mudanças de países favoreceram a ampliação do vocabulário de sua gramática estética. No período em que residiu no Uruguai, Dolino teve a oportunidade de conviver com o pintor José Pedro Costigliolo (1902-1985) e sua mulher, a também pintora e escultora Maria Freire (1917-2015), ambos considerados precursores da arte concreta uruguaia, que lhe estimularam a buscar no léxico indígena brasileiro o abstrato geométrico.

Para saber mais sobre a trajetória profissional do artista, acesse o site http://www.dolino.art.br.

Serviço

Local: Galeria Contempo – Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1644 – Jardim América – São Paulo.

Visitação: 7 a 21/5. Segunda a sexta, 10h às 19h. Sábados, 10h às 16h.

Ingressos: Grátis.

Informações: (11) 3032-5795.

Site:www.galeriacontempo.com.br

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AVISO!

Em virtude da pandemia de Covid-19, alguns eventos foram cancelados ou sofreram alterações. Centros Culturais ou espaços de exposição também fecharam.

Consulte sempre antes de se direcionar a um evento presencial.

X