O Portal da Arte Brasileira

“Libelu – Abaixo a Ditadura”, de Diógenes Muniz, chega aos cinemas em 13 de maio

0 12

“Libelu – Abaixo a Ditadura”, de Diógenes Muniz, chega aos cinemas nesta quinta-feira, dia 13 de maio. Longa-metragem documental vencedor do 25º Festival É Tudo Verdade ocupa salas de cinema de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Liberdade e Luta foi uma tendência estudantil universitária surgida em 1976. Impulsionado por uma organização clandestina internacionalista, o grupo ganhou fama ao retomar a palavra de ordem “abaixo a ditadura”. Seus integrantes eram famosos pela irreverência e abertura cultural. Entre os anos 1970 e 1980, Libelu se tornou adjetivo, sinônimo de radicalidade e, para adversários, inconsequência política. Passadas quatro décadas, onde estão e o que pensam os jovens trotskistas que foram às ruas contra os generais?

A trajetória do controverso grupo estudantil, em que militaram figuras como o cientista político Demétrio Magnoli, o ex-ministro Antônio Palocci e o jornalista Reinaldo Azevedo, estará em cartaz no Espaço Itaú Frei Caneca, Espaço Itaú Augusta, SPCine CCSP, Espaço Itaú Brasília e Espaço Itaú Rio de Janeiro.

Post Patrocinado

O documentário, que tem direção do estreante Diógenes Muniz, tem locação única: o prédio da FAU-USP (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP), projetado pelo arquiteto Vilanova Artigas, também perseguido e exilado pelo regime militar.

“Libelu – Abaixo a Ditadura” chega às plataformas de Video on Demand (VoD) do NOW, Vivo Play, Oi Play, Google Play, Itunes e Apple TV no dia 27 de maio. A primeira exibição no Canal Brasil está agendada para 20 de julho. 

Serviço

Datas: A partir de 13/5 nos cinemas. A partir de 27/5 nas plataformas.

Instagram: @doclibelu.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X