Kanzelumuka apresenta o solo “Mu Ntûnda” no #EmCasaComSesc

A programação da série Dança #EmCasaComSesc mostra novos trabalhos todas as terças e quintas, às 21h30, no canal do YouTube do Sesc SP e no Perfil Sesc Ao vivo do Instagram.

Como seguir dançando? Por que dançar? O que dançar? Qual é a nossa resposta para a crueldade do mundo? A partir de questões como essas, a artista-intérprete Kanzelumuka, da Nave Gris Cia Cênica, criou o solo “Mu Ntûnda”, para a apresentação de terça-feira, 15 de setembro.

No silêncio do tempo, a bailarina rememora aqueles que vieram antes e dançaram, mesmo em tempos duros. Em sua “casa-ventre”, a obra vislumbra gestar futuros, fazer ecoar outras ideias, outros Brasis, a partir da partilha do íntimo. O espetáculo traz direção de arte, colaboração dramatúrgica e operação de câmera de Murilo De Paula e trilha sonora de Giovani Di Ganzá.

A Nave Gris Cia Cênica é dirigida por Kanzelumuka, pesquisadora e professora de dança, bacharela em Dança pela Universidade de Campinas (UNICAMP), mestra e doutoranda em Artes pela Universidade Estadual de São Paulo (UNESP). A artista-intérprete pesquisa há 14 anos representações performáticas de origem banto – conjunto de povos na África Subsaariana – no Brasil e suas relações com as danças contemporâneas. As culturas afro-brasileiras e ameríndias estão presentes no trabalho do grupo como motores na pesquisa e produção artística.

Foto: Murilo de Paula.

Serviço

Data: 15/9. Terça, 21h30.

Classificação: 14 anos.

Confira nas Redes Sociais.

Compartilhe!