O Portal da Arte Brasileira

Janaína Leite abre processo de nova montagem “História do Olho – um conto de fadas pornô-noir” virtualmente

0 28

Desdobramento direto das investigações do espetáculo “Stabat Mater” – vencedor do Prêmio Shell de Teatro de melhor dramaturgia – “Ensaios Escopofílicos para uma História do Olho” abre ao público os processos e estudos de Janaina Leite para sua nova montagem “História do Olho – um conto de fadas pornô-noir”, que deve chegar aos palcos ano que vem. A abertura para o público acontece de 23 a 25 de abril.

Nesta nova proposta, partindo da célebre novela “História do Olho”, de Georges Bataille, a atriz e diretora ao lado dos parceiros André Medeiros Martins, Lara Duarte, Lillah Halla e Mateus Capelo, se debruça sobre uma história do olhar tomando a imagem pornográfica como mote.

A abertura para o público acontece de 23 a 25 de abril com as performances autônomas “Camming 101 Noites” (dia 23 de abril, sexta-feira, 23h), que foi apresentada em março na MIT+ e joga com o trabalho das camgirls como Sherazades virtuais que precisam entreter os clientes pelo máximo de tempo possível; “Pornoshow O Armário Normando” (dia 24 de abril, sábado, 23h), que se utiliza da estrutura da plataforma Zoom para desenvolver performances a partir de um dos capítulos da obra de George Bataille; e “Camming 1×1” (dia 25 de abril, domingo, 18h às 24h), onde a atriz e diretora performa para um espectador por vez durante 30 minutos. No dia 25 de abril, domingo, Janaina Leite também participa, às 11h, do bate-papo “Teatro da Virtualidade e Pornografia”, ação que acontece, ao lado do “Pornoshow O Armário Normando”, como parte da programação da Mostra Cênica Resistências.

Post Patrocinado

Já de 5 a 14 de maio, a convite do Teatro Viriato e do Festival Internacional FITEI, ambos em Portugal, Janaina Leite realiza uma Ocupação online com as ações do projeto Ensaios Escopofílicos para “História do Olho”, além da exibição da filmagem de “Stabat Mater”.

Se em “Stabat Mater” a pornografia serviu de anteparo para discutir maternidade e sexualidade e foi um meio para problematizar os limites entre representação e performance, “Ensaios Escopofílicos para uma História do Olho” apresenta as provocações que a pornografia traz à estética ao colapsar pares dicotômicos como arte/não arte, sexo simulado/sexo real, atuação/performance, fruição estética/ interesse lascivo, ficção/documento e metaforicidade/literalidade.

Confira a programação

“Camming 101 Noites”. Data: 23/4. Sexta, 23h. Zoom.

“Pornoshow O Armário Normando”. Data: 24/4. Sábado, 23 às 1h. Zoom.

Bate-papo com Janaína Leite. Data: 25/4. Domingo, 11 às 13h. Zoom.

“Camming 1×1”. Data: 25/4. Domingo, 18h às 24h. Zoom.

“Noite Fora”. Data: 5/5. Quarta, 19h30 (Portugal) e 15h30 (Brasil). Teatro Viriato. .

“Stabat Mater”. Data: 7/5. Sexta, 21h. FITEI – Festival Internacional de Expressão Ibérica (bit.ly/3squZXr).

“Camming 1×1”. Data: 13/5. Quinta, 19h às 24h (Portugal) e 15h às 21h30 (Brasil). Teatro Viriato.

“Camming 101 Noites”. Data: 14/5. Sexta, 22h (Portugal) e 18h (Brasil). Teatro Viriato.

Serviço

Plataforma Zoom e Teatro Viriato.

Datas: 23/4 a 14/5.

Link Teatro Viriato: https://www.teatroviriato.com/calendario/detalhe.php?id=917.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X