O Portal da Arte Brasileira

Instituto Moreira Salles promove edição do “Dia D” em homenagem a Carlos Drummond de Andrade

0 6

No dia 31 de outubro de 1902, na cidade de Itabira (MG), nascia o escritor Carlos Drummond de Andrade. Com o intuito de celebrar a sua obra, o Instituto Moreira Salles promove, desde 2011, o Dia D – Dia Drummond. Trata-se de uma programação especial realizada no dia do aniversário do escritor. A edição deste ano terá uma programação gratuita inteiramente em seu site

A partir de seu ensaio A maquinação do mundo (Companhia das Letras, 2019) José Miguel Wisnik, ensaísta, músico e professor, apresenta em três aulas gratuitas a presença de Itabira nos poemas e textos memorialísticos de Drummond. Passa também pelos quiprocós que resultaram na criação da Companhia Vale do Rio Doce e na sua consequente ação sobre o pico do Cauê, o que desencadeou a reação de Drummond em poemas, crônicas e textos jornalísticos de intervenção. A abordagem chega, enfim, ao exame do poema “A máquina do mundo”. 

Ilustrado com imagens e reproduções de poemas, o curso não se propõe a ser apenas uma verificação esquemática das correspondências entre o texto poético e os fatos históricos. Wisnik, porém, não deixa de observar a atualidade das duras críticas de Drummond, quando Itabira – mas também o Brasil e o mundo – se depara com as tragédias de Mariana e Brumadinho.

Post Patrocinado

Lançados pelo IMS em DVD em 2012 e 2014, respectivamente, os filmes Consideração do poema e Vida e verso de Carlos Drummond de Andrade serão disponibilizados gratuitamente.

Com roteiro e direção de Eucanaã Ferraz e fotografia de Walter Carvalho, Vida e verso de Carlos Drummond de Andrade reúne quatro importantes escritores contemporâneos: Joca Reiners Terron, Antonio Cicero, Alberto Martins e Afonso Henriques Neto. O primeiro faz as vezes de narrador, contando fatos marcantes da vida de Drummond, enquanto os outros pontuam a cronologia com leituras de poemas, trechos de cartas, diários, crônicas e ensaios críticos. É um retrato do poeta e do homem, reconstituído no filme com humor, ironia e emoção. Do nascimento à morte, um gênio de muitas faces: mineiro, brasileiro, universal, moderno, eterno. 

Consideração do poema reúne leituras de poemas de Drummond realizadas por poetas, escritores, compositores, atores, intelectuais e outras figuras públicas. Entre elas: Fernanda Torres, Jorge Mautner, Milton Hatoum, Laerte, Drica Moraes, Caetano Veloso, Nuno Ramos e Chico Buarque. A direção é de Eucanaã Ferraz, Flávio Moura e Gustavo Rosa de Moura, e fotografia de Alexandre Wahrhaftig

Chegando à sua décima edição, o Dia D – Dia Drummond tem como objetivo fazer com que a data de nascimento do poeta passe a integrar o calendário cultural do país, promovendo e difundindo a obra do escritor, que tem parte de seu acervo sob a guarda do IMS desde 2011.

Serviço

Data: A partir de 31/10.

Ingressos: Grátis.

Disponível em www.diadrummond.com.br

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X