O espetáculo poético de teatro gestual, dança e parkour narra a história de uma simpática velhinha, gatos travessos, encontros e amores. 
Dorotéia gosta de ouvir e dançar as músicas que põe para tocar na vitrola, ao lado de seu gato Casimiro. A simpática velhinha segue sua alegre rotina até que a visita de uma gata desencadeia novos acontecimentos e rumos inesperados para sua vida. O lúdico espetáculo infantil retorna temporada no Sesc Belenzinho, entre os dias 1 a 16 de fevereiro.

Baseado na linguagem visual, “Dorotéia, a velhinha que gostava de dançar” explora principalmente o teatro gestual e o parkour – a técnica de saltos e transposição de obstáculos, que em cena realça a movimentação dos gatos, os bichos de estimação que encantam as crianças. Criada especialmente para as crianças, mas dedicada aos idosos, é um programa para a família e o público de todas as idades poderá se encantar.

Foto: Ian Maenfeld.

Ficha Técnica 

Concepção, Dramaturgia e Direção: Miló Martins.

Elenco: Ari Willians, Danilo Alves, Dora Bueno e Mariana Taques.

 

Serviço

Local: Sesc Belenzinho – Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho – São Paulo.

Temporada: 1 a 16/1. Sábados e domingos, 12h.

Ingressos: R$20,00 (inteira), R$10,00 (meia-entrada) e R$6,00 (Credencial Sesc). Grátis para crianças até 12 anos.

Classificação: Livre.

Informações: (11) 2076-9700.

Compartilhe!