O Portal da Arte Brasileira

IMS promove ciclo de debates on-line “Arquivos LGBT+ na América Latina”

0 8

Em junho, mês do orgulho LGBT, o IMS promove o ciclo de debates online “Arquivos LGBT+ na América Latina”. Organizado em dois encontros, o evento refletirá sobre a atuação de coletivos e ativistas na preservação da memória LGBT+ no território latino-americano. O evento, gratuito, acontece nos dias 9 e 10 de junho, às 19h, com transmissão ao vivo nos canais de YouTube e Facebook do IMS.

O ciclo conta com a participação de nomes como o das ativistas María Belén Correa, do Archivo de la Memoria Trans de Argentina, e Librada González Fernández, do Archivo CubaneCuir. Nos debates, haverá interpretação em Libras e tradução simultânea para as falas em espanhol.

A atividade integra a programação da mostra “Madalena Schwartz: As metamorfoses – Travestis e transformistas na SP dos anos 70”, em cartaz até setembro no IMS Paulista. A exposição parte de um ensaio famoso no qual Madalena registrou travestis e transformistas que frequentavam a cena alternativa de São Paulo nos anos 1970. Em diálogo, a mostra exibe fotografias de países latino-americanos dedicadas aos mesmos temas.

Post Patrocinado

O evento traz pesquisadoras e pesquisadores que colaboraram com a exposição de Madalena, cedendo obras e documentos dos acervos que representam. A programação inicia no dia 9 de junho, às 19h, com a presença de Remom Bortolozzi, fundador do Acervo Bajubá, iniciativa comunitária de salvaguarda e pesquisa da memória e cultura LGBT no Brasil, e da ativista cubana Librada González Fernández, idealizadora do Archivo CubaneCuir, dedicado a preservar documentos da comunidade LGBT+ do seu país de origem.

O segundo debate, no dia 10 de junho, às 19h, traz a ativista María Belén Correa, fundadora da Associação de Travestis da Argentina e do Archivo de la Memoria Trans de Argentina, e o boliviano David Aruquipa Pérez, presidente do Directorio de la Comunidad Diversidad e autor do livro “La china morena: memoria histórica travesti”, que aborda a história dos primeiros homossexuais e travestis a participarem das festas populares na Bolívia.

Serviço

Transmissão on-line.

Datas: 9 e 19/6. Quarta e quinta, 19h.

Facebook: Instituto Moreira Salles.

YouTube: Canal imoreirasalles.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

AVISO!

Em virtude da pandemia de Covid-19, alguns eventos foram cancelados ou sofreram alterações. Centros Culturais ou espaços de exposição também fecharam.

Consulte sempre antes de se direcionar a um evento presencial.

X