O Portal da Arte Brasileira

IMS Paulista inaugura exposição de Miguel Rio Branco em 8 de dezembro

0 20

Intitulada Palavras cruzadas, sonhadas, rasgadas, roubadas, usadas, sangradas,a exposição é resultado de um mergulho de Rio Branco em seu próprio arquivo. Ao rever sua produção, o artista cria conexões e diálogos entre suas fotografias, atribuindo novos sentidos às imagens. A curadoria da mostra é de Rio Branco e Thyago Nogueira. A mostra inaugura em 8 de dezembro, terça-feira, no IMS Paulista. Também será lançado um novo livro, com fotos e textos sobre o artista. 

Organizada de forma cronológica, a seleção reúne mais de 200 trabalhos, produzidos desde os anos 1970, quando Rio Branco iniciava as experimentações com a fotografia, até os dias de hoje. As obras investigam temas caros ao artista, como a sexualidade, a violência, a dor e a solidão, além de evidenciar o caráter multidisciplinar de sua produção.

No dia da abertura, 8 de dezembro, terça-feira, 18h, haverá uma live com Miguel Rio Branco, Thyago Nogueira, coordenador da área de fotografia contemporânea do IMS e um dos curadores da mostra, e a crítica de arte Luisa Duarte, que assina artigo no novo livro. O evento gratuito será transmitido ao vivo no canal de YouTube do IMS.

Post Patrocinado

Seguindo as recomendações das autoridades municipais e estaduais e dos órgãos de saúde no combate à covid-19, o IMS Paulista está funcionando com capacidade reduzida. As visitas precisam ser agendadas previamente pelo site sympla.com.br/imspaulista. Também é obrigatório o uso de máscaras, manter o distanciamento entre as pessoas, além de outras medidas. Os protocolos têm o objetivo de manter a segurança de todas as pessoas — visitantes e funcionários — em um ambiente saudável e de cuidado coletivo. Veja todas as recomendações no site do IMS.

Sobre o artista

Filho de diplomata, Rio Branco cresceu entre a Espanha, Portugal, o Brasil, a Suíça e os Estados Unidos. Nos anos 1960, em Berna, Suíça, iniciou-se no desenho e na pintura, linguagens que influenciariam sua obra posterior. Em 1966, matriculou-se no New York Institute of Photography. No Brasil dos anos 1970, trabalhou como diretor de fotografia em filmes de Júlio Bressane e Arnaldo Jabor, entre outros cineastas. Também atuou como fotógrafo documental, registrando paisagens e habitantes do país. Entre 1980 e 1982, foi correspondente da Agência Magnum, em Paris. Com o passar dos anos, suas fotografias se distanciaram da simples função documental, assumindo tons poéticos e sensoriais, em diálogo com outras linguagens artísticas.

Serviço

Local: IMS Paulista – Galeria 3 – Avenida Paulista, 2424 – Cerqueira César – São Paulo.Abertura: 8/12/2020. Visitação: Até 16/5/2021. Terça a sexta, 13h às 18h. Sábados, domingos e feriados, 10h às 18h. Exceto às segundas-feiras. Agendamento prévio: www.sympla.com.br/imspaulista Ingressos: Grátis.

Live de Abertura – Transmissão no YouTube.

Com Miguel Rio Branco, Thyago Nogueira e Luisa Duarte

Data: 8/12. Terça, 18h. YouTube: Canal IMoreira Salles.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X