O Portal da Arte Brasileira

Grupo XIX de Teatro realiza mostra “XIX: 19 anos em 19 dias” de 16 de outubro a 5 de novembro

0 28

Uma imersão pelo universo criativo e histórico para ressignificar seus próprios contextos originais de criação é o que promete o Grupo XIX de Teatro com a mostra “XIX: 19 anos em 19 dias”, que acontece de 16 de outubro a 5 de novembro, em transmissão pelo Zoom. Encerrando a programação, no dia 5 de novembro, acontece o evento especial “19 anos em 19 horas”, onde será possível assistir os espetáculos exibidos em sequência.

O premiado grupo paulistano formado pelos atores-criadores Janaina Leite, Juliana Sanches, Luiz Fernando Marques, Ronaldo Serruya, Rodolfo Amorim e Paulo Celestino, mantém residência e pesquisa contínua dentro da Vila Operária Maria Zélia, Zona Leste da capital paulista. A mostra integra uma série de atividades que estavam previstas para acontecer no ano passado para celebrar os 19 anos de trajetória da companhia. Com a pandemia, o projeto teve que ser adiado e foi reformulado para o formato digital, ocorrendo de maneira inteiramente remota, com transmissão pelo Zoom.

Na mostra, o publico poderá ver ou rever oito espetáculos do grupo que, em muitos momentos, direcionou sua pesquisa para a preservação e o resgate da memória. São eles: “Hysteria”, “Hygiene”, “Arrufos”, “Marcha Para Zenturo” (em parceria com o Grupo Espanca), “Nada Aconteceu, Tudo Acontece e Tudo Está Acontecendo”, “Estrada do Sul” (em parceria com o Teatro Dell’Argine), “Teorema 21” e o infantil “Hoje O Escuro Vai Atrasar Para Que Possamos Conversar”.

Post Patrocinado

A cada dia será exibido uma peça, seguido de algum material inédito como um minidocumentário sobre o processo de criação ou uma conversa com os criadores do espetáculo. Para cada montagem haverá um convidado especial, que tenha visto o espetáculo no ano de sua estreia e o reveja agora, provocando um debate com a plateia acerca dos novos contornos que a encenação ganha no contexto atual. O professor e crítico teatral Wellington Duarte, assistirá todos os trabalhos e, ao final, produzirá um texto colocando as obras em perspectiva a fim de refletir sobre que história que se conta nesses 19 anos de produção do coletivo.

As gravações são registros de temporadas e turnês, exceto “Nada Aconteceu, Tudo Acontece e Tudo Está Acontecendo” e “Estrada do Sul” que serão analisados como uma “desmontagem”, um processo de reaproximação do material de arquivo revisitando a obra a partir do momento atual. 

A ideia de revisitar o repertório – levando-se em conta questões urgentes como a representatividade em cena, o racismo, a transfobia, o feminismo decolonial, entre outas -, é um chamado para uma inércia confortável que pautou por décadas o teatro.

Foto: Jonatas Marques.

Serviço

Plataforma Zoom.

Datas: 16/10 a 5/11.

Ingressos: Grátis.

Classificação: Livre.

Link para ingressos: www.sympla.com.br/grupoxixdeteatro.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

X