“Fim de Jogo”, com direção de Yoshi Oida e Matteo Bonfitto, faz sessão no #EmCasaComSesc

A programação de Teatro #EmCasaComSesc está em nova fase, desde a última semana, com os atores e as atrizes ocupando os palcos das unidades do Sesc na capital paulista, além das apresentações transmitidas das casas dos artistas. Com a mudança, o Sesc São Paulo passa a acolher versões de espetáculos com estruturas maiores, que contarão com os recursos do palco para a transmissão. Nesta nova fase, os teatros receberão as peças sem a presença do público e dentro de todos os protocolos de segurança. Em novo horário, mais cedo, às 21h, a série terá apresentações aos domingos, quartas e sextas.

Na sexta-feira, 16 de outubro, ao vivo do Sesc Ipiranga, tem a montagem “Fim de Partida”, de Samuel Beckett (1906-89). Yoshi Oida, ator, diretor e autor japonês de 86 anos, radicado em Paris (França), assina a encenação e dirige o espetáculo ao lado de Matteo Bonfitto, que atua com Rodrigo Pocidônio, Milton de Andrade, Suia Legaspe e Ary França. 

A peça mostra relações tóxicas no seio de uma família. Hamm, o patriarca cego que nada vê e tudo sente, Nagg e Nell, pais de Hamm com seu exibicionismo decrépito, e Clov, o filho adotivo-servo. A obra revela o mecanismo pelo qual a micropolítica da família se torna um espelho satírico em que reconhecemos a fanfarronice do poder.

A encenação, criada por Oida durante o processo criativo ocorrido na França, é permeada por um olhar minimalista, em que prevalece a composição estruturada a partir de elementos cenográficos hiper-realistas.

Serviço

Data: 16/10. Sexta, 21h.

Classificação: 12 anos.

Confira nas Redes Sociais.

Compartilhe!